Página inicial / Dublin / Intercâmbio na Irlanda: Como é o transporte público em Dublin (Dublin Bus, Luas e Dart)

Intercâmbio na Irlanda: Como é o transporte público em Dublin (Dublin Bus, Luas e Dart)

Como funciona o transporte publico em Dublin: Nesse post contamos tudo o que você precisa saber sobre Dublin Bus, Luas e Dart.

Olá, pessoal! Tudo bem? Hoje eu vou contar para vocês um pouco sobre o sistema de transporte público em Dublin: Dublin Bus, Luas e Dart. Mesmo que você não conheça a cidade, por associação já deve ter descoberto o que é o Dublin Bus. Mas e quanto ao Luas e ao Dart? Continue lendo que já já você vai entender.


Leia também:

Porque escolhemos estudar inglês em Dublin

Intercâmbio na Irlanda: Com ou sem agência?

Intercâmbio na Irlanda: Nossa experiência ao tirar o visto (GNIB/IRP)


Dublin Bus

Na maior parte das vezes em que precisamos usar os ônibus coletivos de Dublin, eles foram bem pontuais. Porém, já ouvi vários casos de pessoas que disseram o contrário. No nosso caso, tivemos apenas uma experiência negativa, quando fomos, em um domingo, para Howth. Os ônibus atrasaram muito e, com isso, houve superlotação, fazendo com que muitas pessoas ficassem para trás nos pontos de parada, pois os motoristas não podiam atender às solicitações de embarque.

Muitos dos amarelinhos com dois andares possuem até plug USB, para cada passageiro que quiser carregar o celular. Mas, no primeiro momento, o que nos deixou impressionados foi o fato de os ônibus não terem catraca. Você entra, informa ao motorista o destino, então ele calcula o valor e te informa (caso você já não saiba).  Aí você paga sua passagem com as moedinhas (os ônibus não aceitam notas e não dão troco). Se você pagar a mais, receberá um recibo com o valor do troco e poderá retirá-lo no escritório do Dublin Bus. Se quiser, também pode usar o seu Leap Card para tal, conforme você lerá mais adiante.

Existe um site e também um aplicativo para celular por meio dos quais você consegue ter informações completas sobre os horários dos ônibus, as diversas linhas e os itinerários. Uma coisa bem útil é que, em vários pontos de ônibus espalhados pela cidade, existe um painel que mostra quanto tempo falta para o ônibus chegar, e normalmente funciona. Quando há algum atraso, seja por causa de congestionamentos, obras, manifestações ou outros motivos, no mesmo display aparece a informação de possíveis atrasos dos ônibus.

Se você for estudante e/ou tiver o Leap Card (que é o cartão do transporte público), pode participar de uma promoção interessante. Atualmente, o preço da passagem (para a maior distância dentro do itinerário do ônibus) é 2,50 euros. Se você usa o Leap Card, vai pagar, no máximo, 5 euros por dia. Ou seja, a partir do 3º ônibus você não paga mais passagem. Isso significa que você pode ficar passeando na cidade o dia todo pagando 5 euros pelo transporte.

Outra coisa ainda mais interessante: Se você fizer uma recarga semanal de 20 euros e pegar pelo menos dois ônibus por dia, de segunda a quinta-feira (ou seja, gastar 5 euros por dia, de segunda a quinta), vai poder andar de ônibus de graça de sexta a domingo.

Como funciona o transporte publico em Dublin: Nesse post contamos tudo o que você precisa saber sobre Dublin Bus, Luas e Dart.

Dublin Bus

Mas é importante observar duas coisas:

1) Ao entrar no ônibus, existem dois leitores de cartão: um que fica próximo ao motorista e um que fica ao lado direito da porta. Para participar das promoções você deve utilizar este último leitor informado, ou seja, o que fica ao lado direito da porta. Se você faz apenas viagens curtas, é melhor passar o cartão no leitor que fica com o motorista e pagar a tarifa menor.

2) Para participar da promoção semanal, você tem que, obrigatoriamente, usar o transporte de segunda a quinta, nas condições informadas. Caso contrário, ao usar o transporte de sexta a domingo, será cobrado pelas passagens, observando o limite de até 5 euros por dia, conforme já mencionado anteriormente.

Mas nem tudo são mil maravilhas. Várias vezes presenciamos muita sujeira dentro dos ônibus. Desde latas de cerveja não completamente vazias sujando os estofados dos ônibus a cascas de frutas, restos de comida, embalagens de alimentos… Como disse, não foram poucas as vezes.

E tem mais uma coisinha. No frio, os ônibus ficam bem quentinhos, inclusive existe um sistema de aquecimento para garantir isso. Mas, no calor… A Irlanda viveu, em 2018, o verão mais rigoroso dos últimos 42 anos. Houve dias em que a temperatura passou dos 30 graus Celsius, coisa quase inimaginável na Ilha da Esmeralda. Acontece que os ônibus não são preparados para esse calor intenso, eles não possuem janelas, só umas “gretinhas” bem no alto dos vidros. A sensação é de que o ônibus está derretendo, e, você, desidratando.

Um outro problema, especialmente para quem trabalha até tarde da noite e/ou gosta de ir para pubs, é a escassez dos ônibus após 23h. Algumas linhas não operam e outras operam apenas a cada duas horas. Por isso, antes de sair de casa, é preciso pesquisar para ter certeza de que haverá transporte público para retornar. O mesmo acontece pela manhã bem cedo. Quando fomos para os Cliffs of Moher, por exemplo, precisávamos estar no Centro às 6h50, no sábado. E aí tínhamos um ônibus às 6h (nesse caso chegaríamos ao centro cedo demais, às 6h15 e teríamos que esperar na rua, já que o comércio está fechado) e o outro somente às 7h, o que nos faria perder o passeio.

Está gostando do blog? Então, curta nossa página no Facebook!

Luas

Agora vamos falar um pouco sobre o Luas, uma espécie de bonde de Dublin, ou trem/metrô de superfície. Não existem estações fechadas, com catracas e funcionários fiscalizando. Existem os pontos de paradas, em locais abertos. Para utilizar o Luas você precisa passar o seu Leap Card nos leitores que ficam nos pontos de parada, antes de entrar no trem, e depois, quando desce. Assim, o sistema calcula o valor gasto em sua viagem e faz o respectivo desconto dos créditos. Se você se esquecer de passar o cartão quando descer, será cobrado o maior valor possível.

Também existe um site em que você pode descobrir como são calculadas as tarifas, pois elas variam de acordo com a distância, é claro, e também com o horário, ou seja, em horários de pico as tarifas costumam ser um pouco mais caras. Caso você não tenha saldo no Leap Card, existem várias lojas espalhadas pela cidade, onde você pode recarregar os créditos. Também é possível colocar créditos para o seu Leap Card nas máquinas de autoatendimento que ficam em todas as estações.

Porque escolhemos Dublin, na Irlanda, como nosso destino de intercâmbio.

Esse é o Luas

E, para deixar bem claro, você utiliza o mesmo cartão tanto no Luas quanto no Dublin Bus e, também, no Dart (que já já você vai entender o que é).

Agora, se você não tem o Leap Card, é só comprar o bilhete avulso nos terminais de autoatendimento que ficam nas estações. Basta informar o destino e o preço é calculado. O pagamento, nesses terminais, pode ser feito em dinheiro ou cartão de crédito/débito. Mesmo sem fiscalização ou catracas, as pessoas pagam suas passagens, na base da honestidade, para usar o meio de transporte. Algumas vezes há fiscais dentro dos vagões, que verificam se a pessoa está com o cartão ou o bilhete avulso, mas isso não ocorre em todas as viagens. Mesmo assim, de acordo com uma informação divulgada nos painéis internos do Luas, 94% das pessoas que utilizam o transporte pagam a passagem. Em duas ocasiões já vimos pessoas sendo multadas pelo fato de estarem viajando sem pagar a passagem. Em outra ocasião, os fiscais acompanharam uma pessoa até o terminal de autoatendimento para que ela pudesse comprar o bilhete. Só então, depois disso, ela foi autorizada a embarcar novamente para continuar a viagem. 

Mas, como já disse anteriormente, nem tudo é uma maravilha. Como é um trem de superfície, em vários locais da cidade, especialmente no Centro, o Luas disputa espaço com ônibus, carros e pedestres. Isso significa que é possível ficar preso em um congestionamento de trânsito se você estiver andando de Luas, especialmente nos horários de pico, o que já aconteceu conosco.

Como funciona o transporte publico em Dublin: Nesse post contamos tudo o que você precisa saber sobre Dublin Bus, Luas e Dart.

Máquina para comprar bilhetes avulsos e recarregar créditos do Luas, nas estações

Outros meios de transporte: Dart e ônibus intermunicipais

Existe ainda outro meio de transporte, o Dart, gerenciado pela Irish Rail, um sistema ferroviário que liga Dublin a vários locais próximos e também a cidades mais distantes, indo até mesmo a Belfast, na Irlanda do Norte. A vantagem é que, nesse caso, não existe congestionamento, pois as linhas férreas são exclusivas e os trens do Dart (sigla para Dublin Area Rapid Transit) não concorrem com os ônibus e os carros, como ocorre com o Luas. Alguns lugares que podem ser visitados com o Dart são Malahide, Howth, Bray, Greystones, Dalkey e Killaney.

Tem ainda o Bus Ẽireann, uma empresa de ônibus de viagem com vários destinos partindo de Dublin e de outros locais, como Cork, Galway e até mesmo Belfast.

Para finalizar, deixo duas dicas:

1) Sempre, antes de partir para uma viagem, verifique no site oficial da Irish Rail se as estações de trem estão funcionando normalmente. É muito comum algumas estarem fechadas para manutenção ou por motivos diversos. Houve um dia em que tivemos que desembarcar na estação anterior, porque houve um incêndio no meio do caminho, então todas as estações após a que desembarcamos estavam fechadas e assim ficaram durante alguns dias, até que tudo se normalizasse.

2) Vale a pena verificar se tem linha de ônibus para o destino que você quer. Para isso, faça um pesquisa no Google Maps. Os ônibus normalmente demoram mais, pois pegam trânsito, mas também costumam ser bem mais baratos, especialmente para destinos mais distantes. Um exemplo disso é o trajeto para Belfast, que custou 20 euros (ida e volta, pela Bus Ẽireann), por pessoa. Caso optássemos ir de trem, a passagem custaria um pouco mais que o dobro. Enfim, se estiver com pressa, vá de Dart. Caso contrário, programe-se e, se possível, vá de ônibus (pesquise para ver se é mais barato).

Ah, e todos esses sistemas aceitam o Leap Card. Além disso, utilizando esse método de pagamento, é possível obter descontos valiosos nos preços das passagens.

Gostou? Salve no Pinterest e consulte sempre que quiser:

Como funciona o transporte publico em Dublin: Nesse post contamos tudo o que você precisa saber sobre Dublin Bus, Luas e Dart.

Compartilhe com seus amigos
Receba as novidades do blog no seu e-mail:  
Programando sua viagem?
Utilize nossos parceiros. Você não paga nada a mais por isso, mas a gente ganha uma pequena comissão. Se o blog te ajudou de alguma forma, é uma maneira de nos ajudar a mantê-lo.

Reserve hotéis no Booking: A maioria das acomodações não pede pré-pagamento e permite cancelamento gratuito.
Alugue um carro na Rentcars: Cote em dezenas de locadoras, parcele em até 12 vezes e pague em reais, mesmo para aluguel no exterior.
Compre Seguro Viagem com a Seguros Promo:  Compare preços e planos em mais de 10 seguradoras. Viaje com assistência médica e odontológica, seguro bagagem e atendimento 24h! Usando o código MINEIROS5 você tem 5% de desconto!
Compre ingressos e passeios com uma de nossas afiliadas Tiqets ou ou Ticketbar: Fuja da fila já chegando com seu ingresso na mão!
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Theme developed by TouchSize - Premium WordPress Themes and Websites

RECEBA AS NOVIDADES NO SEU E-MAIL

Inscreva-se na nossa newsletter! São só dois ou três e-mails por mês e não mandamos spam!
Seu Email
Secure and Spam free...
"Customized Theme" by: AZEVEDO.MEDIA