Página inicial / Anchieta / Conhecendo o Espírito Santo com o Pocando no ES

Conhecendo o Espírito Santo com o Pocando no ES

Como foi a segunda edição do Pocando no ES, um encontro de blogueiros de viagem pelas terras capixabas. Na foto, o letreiro #amorS2es na Lagoa do Siri, em Marataízes.

Muita gente torce o nariz para o Espírito Santo. E isso não é achismo meu, não. Falo isso porque já perdi a conta de quantas vezes ouvi pessoas dizerem que vão para outros lugares, Nordeste, Rio, Floripa, porque no Espírito Santo não tem lugar bonito.

Se você é um desses, te digo que você não conhece o Espírito Santo que eu conheci no final de semana dos dias 7 a 9 de abril. E é isso que eu vou te mostrar aqui neste post.

Pocando no ES

O Deivson Santana, do blog Capixaba na Estrada, sempre soube que o Espírito Santo é lindo e que não perde nada para outros lugares do Brasil. Ele sonhou em mostrar isso para mais pessoas e o ano passado bolou um encontro de blogueiros no estado, que levou o nome de Pocando no ES. Eu já estava familiarizada com o termo (minha família é do Vale do Rio Doce, onde também se usa muito), mas se você não entende o nome, “pocar” é algo como “estourar”, “arrebentar”. 

E foi realmente um estouro – tanto que teve uma segunda edição, que aconteceu no mês de abril. Dez blogueiros de fora do estado e 14 blogueiros capixabas (relação no final do post) se reuniram em três dias intensos, visitando lugares lindíssimos, provando o melhor da culinária capixaba e compartilhando experiências.

Mas, antes de contar o que fizemos na segunda edição do Pocando no ES, gostaria de conversar rapidinho sobre algo que você possivelmente está se perguntado.

O que eu, leitor, que nem tenho blog de viagem, tenho a ver com Pocando no ES?

Muito boa a sua pergunta. Mas se você lê blogs de viagem e busca neles inspiração para programar suas viagens, você se beneficia, sim, dos encontros de blogueiros em geral, e não só do Pocando no ES. Primeiro porque teremos muito mais conteúdo sobre as cidades visitadas. Segundo, porque teremos mais conteúdo de lugares diferentes: fomos em lugares que, vejam só, até mesmo os capixabas não conheciam! Além disso, os blogueiros se qualificam mais, tanto por meio das palestras que normalmente há nesses encontros, quanto pela troca de experiências, o que, de novo, gera conteúdo de mais qualidade para você.

Falando em conteúdo, teve tanta coisa legal que vai render meses e meses de publicações. Mas você pode procurar pela hashtag do evento para ver fotos legais no Instagram e também ficar ligado nos blogs que participaram do evento – estão todos publicando artigos sobre o Pocando.

O que rolou na segunda edição do Pocando no ES

Sexta-feira

A programação oficial começou na sexta, dia 7, à noite, mas teve um pré-encontro para quem já estava em Vitória desde cedo. Eu fiquei de fora porque meu voo só chegava às 18h, snif!

Mas o pessoal amou o almoço no Restaurante Enseada Mediterrâneo! De lá foram para a Chocolateria Brasil degustar ovos de páscoa. Tarefa dificílima. Eu, chocólatra, fiquei mais uns dias em Vitória e fui lá conferir os produtos, mas isso eu conto depois.

A abertura do Pocando no ES foi às 19h, no Quality Suítes Vila Velha. Depois das boas-vindas do Deivson, a Simone Modolo, subsecretária de Turismo do Estado do Espírito Santo deu uma palavra aos blogueiros. Em seguida, a gerente do hotel, Jolisiani Sabadini, nos conduziu para um passeios por algumas dependências do hotel. Conhecemos os três tipos de acomodações e a cobertura. Como me hospedei lá quando o Pocando terminou, detalharei tudinho em outro post. Mas já adianto que foi tudo perfeito!

Deivson Santana, do blog Capixaba na Estrada, idealizador do Pocando no ES, e Simone Modolo, Subsecretária de Turismo do Espírito Santo.

Deivson Santana, do blog Capixaba na Estrada, idealizador do Pocando no ES, e Simone Modolo, Subsecretária de Turismo do Espírito Santo.

Voltamos ao auditório para uma palestra do Leonardo Carraretto e outra do Fabio Pastorello, do blog Viagens Cinematográficas. Depois de sorteios de brindes, fomos fechar a noite em um jantar excepcional no Restaurante Atlântica, na praia de Itaparica, também em Vila Velha. Esse restaurante é famoso entre os capixabas por um prato fotogênico e delicioso: o camarão no coco. Além do camarão, teve moqueca capixaba, pirão de peixe, moqueca de banana da terra e pastéis de queijo, carne, polvo e siri.

Camarão no coco do Restaurante Atlântica, em Vila Velha, Espírito Santo.

Camarão no coco do Restaurante Atlântica

Barriguinha cheia, fomos para o Hotel Ibis Praia de Camburi, onde uma caminha confortável esperava os blogueiros de fora do estado.

Sábado

No sábado, acordamos cedinho, tomamos um gostoso café da manhã e partimos para Marataízes, cidade litorânea cerca de duas horas ao sul de Vitória. O guia e blogueiro Marcelo Ribeiro foi na nossa van dando preciosas explicações sobre os lugares pelos quais passávamos. A primeira parada em Marataízes foi no antigo trapiche, que precisa de urgente atenção, e no Palácio das Águias, que está lindo e hoje abriga a biblioteca.

Antigo trapiche de Marataízes, cidade litorânea no sul do Espírito Santo.

Trapiche de Marataízes

Palácio das Águias, atual biblioteca de Marataízes, sul do Espírito Santo.

Palácio das Águias

Paramos também na Lagoa do Siri, onde a faixa de areia separa o mar de uma lagoa. Pareceu um lugar tranquilo e bom para crianças. As pessoas colocam as cadeiras dentro da lagoa e ficam ali de olho na meninada. Aqui é um dos pontos  em que há o letreiro #amor♥es (foto de abertura) e é claro que fizemos muitas fotos por lá.

Lagoa do Siri, em Marataízes, sul do Espírito Santo.

Lagoa do Siri

A parada seguinte foi na Praia das Falésias, ainda em Marataízes, onde ficamos maravilhados com aquele cenário.

Praia das Falésias, em Marataízes, sul do Espírito Santo.

Praia das Falésias

Partimos para outro município: Anchieta. Lá almoçamos no Hotel Espadarte, localizado no Balneário de Iriri, em frente à Praia da Areia Preta. Olha só que cuidado: já fomos recepcionados com um coquetel!

Praia da Areia Preta, vista do hotel Espadarte, em Iriri., município de Anchieta, Espírito Santo.

Praia da Areia Preta, vista do hotel Espadarte, em Iriri.

Antes do almoço, porém, fomos para o auditório, onde o gerente Paulo Maia apresentou as dependências do hotel, não sem antes oferecer um mimo personalizado.

Presentinho do Hotel Espadarte, em Iriri.

Em seguida, nos esperava uma maravilhosa refeição preparada pelo premiado chef Gilson Surrage, que venceu o Prêmio Dólmã 2016. Saboreamos paella e bobó de camarão com limonada, espumante e vinho – tudo isso de frente para o mar.

Chef GIlson Surrage e Paulo Maia, gerente do Hotel Espadarte, em Iriri, em Anchieta, Espírito Santo.

Chef GIlson Surrage e Paulo Maia, gerente do Hotel Espadarte, em Iriri

Saimos de lá direto para o Restaurante Recanto da Pedra, também no Balneário de Iriri. Agora era a vez de experimentarmos uma iguaria do estado, a torta capixaba, preparada pelo chef André Cicilioti. Até o prefeito de Anchieta foi lá nos prestigiar.

Torta capixaba do chef André Cicilioti, de Iriri, Anchieta, Espírito Santo.

Pança cheia, partimos para o Santuário Nacional de São José de Anchieta, santo muito importante entre os capixabas. A devoção é tão grande que há um percurso religioso chamado de Passos de Anchieta, semelhante ao Caminho de Santiago. São 104 quilômetros entre Vitória e Anchieta, terminando ali no Santuário.

Santuário Nacional de São José de Anchieta, no município de Anchieta, Espírito Santo. Santuário Nacional de São José de Anchieta, no município de Anchieta, Espírito Santo.

Descemos por trás da igreja até um cais, onde nos dividimos em três barcos para percorrermos o rio Benevente até as ruínas jesuíticas.

Passeio de barco pelo rio Beneventes, em Anchieta, no Espírito Santo. Ruínas jesuíticas ao final do passeio de barco pelo rio Beneventes, em Anchieta, Iriri.

Quando retornamos, já era noite e fomos diretamente para a Pousada Orquídea Café, em Meaípe, onde fomos recebidos com música ao vivo, comidinhas e bebidas. Teve mais sorteios e a presença do José Renato, presidente do Guarapari Convention & Visitors Bureau.

Happy hour no Orquídea Café, em Meaípe, Guarapari, Espírito Santo.

Alguns dos blogueiros dormiram lá, outros na Pousada Chácara Feliz e outros na Guarapousada.

Domingo

Só no dia seguinte é que vimos direitinho o quanto a pousada é bonita, cheia de orquídeas (tá aí o nome, né?), com uma linda decoração na área do bistrô. Avista-se também o mar. No café da manhã, preparam crepes na hora, e também tinham pães, bolos, frios, geleias, sucos e frutas. Você pode ver mais informações no site da pousada e fazer sua reserva por aqui (leia sobre o Booking aqui).

Orquídea Café, pousada em Guarapari.

Depois, fomos para a praia!!!

A primeira parada foi em uma praia linda e não muito conhecida: a Praia dos Padres. Para chegar lá é preciso descer uma escada. Não há quiosques e o lugar é uma tranquilidade só, com árvores formando uma sombra gostosa.

Praia dos Padres, em Guarapari., uma praia calma, sem quiosques, com sombra de árvores e mar calmo.

Praia dos Padres

Dali passamos pela praia de Bacutia, famosa por ser um reduto da galera fitness. Claro que depois de já termos comido tanto, não tomamos banho ali.

Caminhamos até a Peracanga e fomos de van até o Mirante do Ipiranga, de onde se avistam as praias de Areia Preta, das Castanheiras e dos Namorados.

Vista do Mirante do Ipiranga, em Guarapari. Avista-se a Praia da Areia Preta, das Castanheiras e dos Namorados.

Vista do Mirante do Ipiranga

E então, caminhamos pelo calçadão na orla dessas três praias, com paradinha no letreiro de Guarapari e picolé de abóbora com coco – uma delícia, por sinal. Entre as praias dos Namorados e das Virtudes, embarcamos na van novamente, fomos para a Igreja Nossa Senhora da Conceição e passamos por toda a orla da Praia do Morro, para então retornarmos a Meaípe.

Letreiro no Centro de Guarapari, no Espírito Santo

Igreja Nossa Senhora da Conceição, antiga matriz de Guarapari.

A última refeição do Pocando no ES foi no Gaeta, onde o Nhozinho Matos nos preparou camarões, torta capixaba e uma moqueca de-li-ci-o-sa!

Nhozinho Matos segurando uma torta capixaba feita em panela de barro. Ao lado, moqueca capixaba.

No final, ainda teve uma torta de coco de sobremesa. O Nhozinho foi tão cuidadoso com tudo que ainda nos presenteou com uma panelinha de barro lá das Paneleiras de Goiabeiras!

Viu quanta coisa? Eu disse que foram dias intensos! Todos amamos os lugares pelos quais passamos, bem como as comidas maravilhosas e as pessoas acolhedoras. Que venham muitos outros Pocando no ES e que você possa vir pocar no ES também!

Organização: Capixaba na Estrada, Universo Fox
Guia Oficial: Guia & Turismo
Apoio: Quality Suites Vila Velha, Chácara Feliz Pousada, Hotel Guara Pousada, Go inn Vitória, Ibis, Orquídea Café
Transportadora Oficial: Latam Airlines
Apoio Institucional: Guarapari Convention, Prefeitura de Anchieta, Governo do Estado do Espírito Santo, AHTG
Parceiros: Wis, RDV Confecções, Associação Iririvivo, Café Caramelo, Chocolateria Brasil, Espadarte Hotel, Cervejaria Barba Ruiva, Viagema, Alfa, Restaurante Week, CDC, Hotel Ilha do Boi, Cantina Mattiello
Agradecimento: Pousada Mar e Mata, Claids, Aprendiz de Viajante, Escritório Arte Dayse Resende, Qual é Quadrinhos, Restaurante Atlântica,Pedra Azul Ecotur, Laticínio Lorena, Loja Beleza Capixaba, Bristol Hotels

Blogs convidados: Bagagem de Memórias | Catálogo de ViagensEu Vou de Mochila | Mineiros na Estrada | Mochilão Barato | O Melhor Mês do Ano  |  Tô Pensando em Viajar| Viagens Cine Viajadas | Viajante Comum 

Blogs capixabas: Aline ApprovesA Vida é como um Livro | Blog DestinõES |Caixa de ViagensCaminha Gente | Casal Viagem.ES | Guia Capixaba | Pelo Mundo com a ManuTerra Capixaba |  Tudo é Mara |  Um Olhar Novo | Viagem Massa 

 

Compartilhe com seus amigos
Receba as novidades do blog no seu e-mail:  
Programando sua viagem?
Utilize nossos parceiros. Você não paga nada a mais por isso, mas a gente ganha uma pequena comissão. Se o blog te ajudou de alguma forma, é uma maneira de nos ajudar a mantê-lo.

Reserve hotéis no Booking: A maioria das acomodações não pede pré-pagamento e permite cancelamento gratuito.
Alugue um carro na Rentcars: Cote em dezenas de locadoras, parcele em até 12 vezes e pague em reais, mesmo para aluguel no exterior.
Compre Seguro Viagem com a Seguros Promo:  Compare preços e planos em mais de 10 seguradoras. Viaje com assistência médica e odontológica, seguro bagagem e atendimento 24h! Usando o código MINEIROS5 você tem 5% de desconto!
Compre ingressos e passeios com um de nossos parceiros: Tiqets  ou Get Your Guide.   Fuja da fila já chegando com seu ingresso na mão!
 

23 comentários em “Conhecendo o Espírito Santo com o Pocando no ES

  1. Pingback: As balas de coco Franco, de Vila Velha (ES)

  2. Pingback: Onde comer bem em Meaípe (Guarapari): Restaurante Gaeta

  3. Pingback: Bristol Vista Azul: conforto com vista para a Pedra Azul, nas montanhas capixabas

  4. Pingback: Torta capixaba: o prato mais tradicional do Espírito Santo

  5. Pingback: Bourbon Vitória Residence Hotel: hospedagem confortável à beira-mar

  6. Pingback: Vila Velha: O camarão no coco do Restaurante Atlântica

  7. Gê, não posso discordar de você quando se diz que o turismo no ES por muito tempo foi deixado de lado. Acostumados com a nossa beleza e falta de valoração local, muitas vezes esquecíamos de ver o que está a nossa frente! Que o turismo local se desenvolva, de forma equilibrada e sustentada, porque beleza natural, variedade gastronômica e lugar bacana aqui tem viu!

  8. Pingback: Onde ficar em Vila Velha: Quality Suítes

  9. Nossa adorei sua palavras para descrever o estado que nasci e que tanto amo, isso que vcs disseram sobre as pessoas irem para outros estados é verdade mesmo..Morei em SP por 16 anos e muitos paulistas nem conhecem o estado, outros acham que o ES faz parte da região nordeste. Participar do Pocando me fez ter orgulho do meu estado e de ser capixaba.Falta um pouco mais tb do governo incentivar mais o turismo é investir nele. Tem muita coisa a ser feito ..Mas com ajuda de pessoas como nós blogueiros de viagens podemos mudar pensamentos e opiniões erradas sobre vários lugares e localidades. Adorei o artigo, estão de parabéns

  10. Que lindo o post Gê. É isso aí, nossa missão maior é quebrar preconceitos e esses encontros são ótimos para trocar experiências entre viajantes e abrir ainda mais nossos horizontes (e de quebra, os horizontes dos leitores dos blogs também).

  11. Lindo post, lindas fotos! Realmente já vi muitos conterrâneos falando mal das praias do ES. A verdade é que eles precisam voltar e ver como tudo está lindo e bem cuidado por lá.
    Ótima viagem, foi um prazer te rever! Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Theme developed by TouchSize - Premium WordPress Themes and Websites

Assine nossa newsletter

Receba um e-mail mensal com a relação dos posts publicados no mês e outras novidades!
Seu Email
Secure and Spam free...
"Customized Theme" by: AZEVEDO.MEDIA