Página inicial / Anchieta / Torta capixaba: o prato mais tradicional do Espírito Santo

Torta capixaba: o prato mais tradicional do Espírito Santo

Torta Capixaba preparada por André Cicilioti, do Restaurante Recanto da Pedra, em Iriri, Espírito Santo.

Confesso que nunca tinha ouvido falar da tal torta capixaba até o dia em que o Deivson, do blog Capixaba na Estrada, disse que iríamos degustar o prato no Pocando no ES.

Confesso também que joguei no Google para ver do que era feito e logo torci o nariz: não gosto de palmito.

“É porque você só conhece o palmito em conserva. Lá eles usam o palmito fresco. Prova, boba, você vai gostar.” – me disse alguém.

E eis que quando dou a primeira garfada, tcha-ram! Num é que esse negócio é bom mesmo?

Mas, se você, assim como eu, não conhece a torta capixaba, deixa eu te contar um pouquinho sobre essa iguaria.

Leia também: Conhecendo o Espírito Santo com o Pocando no ES

Talvez a torta capixaba seja o prato mais regional do país. Pão de queijo tem em tudo que é lado (embora bom, bom mesmo é só em Minas 😉 ), moqueca tem em vários lugares do litoral brasileiro (com variações, mas tem), acarajé você também encontra fora da Bahia.

Mas torta capixaba é só no Espírito Santo. Ou você já viu em outro lugar?

Nhozinho Matos, moquequeiro do restaurante Gaeta, em Guarapari, exibe a torta capixaba preparada em panela de barro.

Torta capixaba do Nhozinho Matos, que vai ser assunto de outro post

Tradição de Páscoa

A torta capixaba é bastante consumida na quaresma e, sobretudo, na Semana Santa. Isso porque os católicos se abstêm de comer carne vermelha nesse período, daí a torta vem bem a calhar, pois é feita com frutos do mar e palmito. Vários festivais de torta capixaba acontecem o estado durante a semana santa, então se você está por lá no período, vai ser fácil encontrar a iguaria para experimentar.

A torta capixaba do chef André Cicilioti

A primeira torta que eu provei no Espírito Santo (pois é, para quem nem queria provar por causa do palmito… Acabei provando duas) foi preparada pelo chef André Cicilioti do Restaurante Recanto da Pedra, que fica na praia da Costa Azul, balneário de Iriri, município de Anchieta. Olha só a vista do restaurante.

Vista do Restaurante Recanto da Pedra, em Iriri, município de Anchieta, Espírito Santo.

Vista do Restaurante Recanto da Pedra

O André explicou que há algumas variações da torta, que pode levar mais ou menos tipos de frutos do mar, dependendo do gosto pessoal e da disponibilidade dos ingredientes. A que ele nos apresentou era mais completa e levava: camarão, sururu, caranguejo, bacalhau, palmito e siri.

Segundo o chef, os ingredientes são todos cozidos separadamente e depois misturados, acrescidos à massa, que é bem leve, para, então, serem assados em uma travessa de barro, que, aliás, é outra tradição capixaba, mantida pelas Paneleiras de Goiabeiras.

Chef André Cicilioti – Foto: Tudo é Mara

A nossa torta veio numa linda apresentação, envolta com uma folha de bananeira e sobre um pratinho de barro. E o sabor estava divino!

Torta Capixaba preparada por André Cicilioti, do Restaurante Recanto da Pedra, em Iriri, Espírito Santo. Torta Capixaba preparada por André Cicilioti, do Restaurante Recanto da Pedra, em Iriri, Espírito Santo. Torta Capixaba preparada por André Cicilioti, do Restaurante Recanto da Pedra, em Iriri, Espírito Santo.

Estava tão gostoso que todo mundo comeu bastante, mesmo tendo acabado de almoçar no Hotel Espadarte. Depois de provar essa iguaria, que deu para entender porque a torta persiste firme como tradição no estado há tantos anos!

Restaurante Recanto da Pedra

Av. Beira-Mar, 1-  Iriri – Anchieta – ES
Telefone: (28) 3534-1599

Gostou? Salve no Pinterest e consulte sempre que quiser.

Torta capixaba, prato típico regional do Espírito Santo, preparado com frutos do mar e consumido, sobretudo, durante a quaresma.

 

Organização: Capixaba na Estrada, Universo Fox
Guia Oficial: Guia & Turismo
Apoio: Quality Suites Vila Velha, Chácara Feliz Pousada, Hotel Guara Pousada, Go inn Vitória, Ibis, Orquídea Café
Transportadora Oficial: Latam Airlines
Apoio Institucional: Guarapari Convention, Prefeitura de Anchieta, Governo do Estado do Espírito Santo, AHTG
Parceiros: Wis, RDV Confecções, Associação Iririvivo, Café Caramelo, Chocolateria Brasil, Espadarte Hotel, Cervejaria Barba Ruiva, Viagema, Alfa, Restaurante Week, CDC, Hotel Ilha do Boi, Cantina Mattiello
Agradecimento: Pousada Mar e Mata, Claids, Aprendiz de Viajante, Escritório Arte Dayse Resende, Qual é Quadrinhos, Restaurante Atlântica,Pedra Azul Ecotur, Laticínio Lorena, Loja Beleza Capixaba, Bristol Hotels

Blogs convidados: Bagagem de Memórias | Catálogo de ViagensEu Vou de Mochila | Mineiros na Estrada | Mochilão Barato | O Melhor Mês do Ano  |  Tô Pensando em Viajar| Viagens Cine Viajadas | Viajante Comum 

Blogs capixabas: Aline ApprovesA Vida é como um Livro | Blog DestinõES |Caixa de ViagensCaminha Gente | Casal Viagem.ES | Guia Capixaba | Pelo Mundo com a ManuTerra Capixaba |  Tudo é Mara |  Um Olhar Novo | Viagem Massa

Compartilhe com seus amigos!

Receba as novidades do blog no seu e-mail:  
Programando sua viagem?
Utilize nossos parceiros. Você não paga nada a mais por isso, mas a gente ganha uma pequena comissão. Se o blog te ajudou de alguma forma, é uma maneira de nos ajudar a mantê-lo.

Reserve hotéis no Booking: A maioria das acomodações não pede pré-pagamento e permite cancelamento gratuito.
Alugue um carro na Rentcars: Cote em dezenas de locadoras, parcele em até 12 vezes e pague em reais, mesmo para aluguel no exterior.
Compre Seguro Viagem com a Seguros Promo:  Compare preços e planos em mais de 10 seguradoras. Viaje com assistência médica e odontológica, seguro bagagem e atendimento 24h! Usando o código MINEIROS5 você tem 5% de desconto!
 

24 comentários em “Torta capixaba: o prato mais tradicional do Espírito Santo

  1. Hummm deu água na boca! Amo frutos do mar e palmito! O único problema pra mim é a cebola! Tenho pavor! Pelo que vi na foto tem bastante, né? Quando for pro Espirito Santo já vou preparada pra pedir a minha sem cebola! hehe

    • Até que não, menina. Eu tenho pavor de mastigar cebola também. Só tinha essa rodela grande por cima. No recheio, se tinha, era bem camuflado. Não senti. 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Theme developed by TouchSize - Premium WordPress Themes and Websites
shares

RECEBA AS NOVIDADES NO SEU E-MAIL

Inscreva-se na nossa newsletter! São só dois ou três e-mails por mês e não mandamos spam!
Seu Email
Secure and Spam free...
"Customized Theme" by: AZEVEDO.MEDIA