Página inicial / Bonito / Dicas e informações para organizar uma viagem perfeita para Bonito

Dicas e informações para organizar uma viagem perfeita para Bonito

A viagem para Bonito foi uma das melhores que já fizemos! A cada passeio uma enxurrada de adjetivos saiam de nossas bocas. Era incrível como os lugares conseguiam nos surpreender.

Bonito é o destino turístico mais organizado que já conheci até agora. Todas as atrações têm um número máximo de visitantes que podem receber por dia, por motivos de preservação.

Lá há um sistema de reservas interligado entre atrativos e agências – tudo deve ser marcado com antecedência e tudo via agências.

Uma coisa que você já deve saber, mas que não custa nada repetir: Bonito é um destino para quem gosta de natureza. Tem que gostar de trilha no meio do mato, de água e de bicho, pois todas as atividades são assim!

O Buraco das Araras é uma formação chamada dolina, um enorme buraco habitado por dezenas de araras. Um passeio leve em Bonito (MS).

Araras que habitam o Buraco das Araras

E, embora seja um descanso maravilhoso para os olhos e para a mente, é uma viagem cansativa fisicamente falando, já que os passeios começam cedo e, no geral, caminha-se muito.

Minha mãe e eu amamos, foi uma viagem sensacional e nós recomendamos fortemente aos amantes da natureza! Para que sua viagem seja perfeita, seguem algumas dicas para você se organizar.

Como chegar

Voo para Campo Grande

Bonito fica a cerca de 300 quilômetros de Campo Grande, trajeto que é percorrido em, aproximadamente, quatro horas. O jeito mais comum de se chegar a Bonito é voando até a capital sul-mato-grossense e de lá pegar um trânsfer, em vans ou micro-ônibus. Algumas empresas que fazem o trajeto são a Vanzella Transportes e a Terra Transportes. Os preços verificados em outubro de 2017 estão entre 90 e 100 reais por pessoa, com a vantagem de ser deixado no hotel.

De ônibus também é possível e quem opera é a Viação Cruzeiro do Sul. O valor, também verificado em outubro de 2017, está entre 60 e 70 reais por pessoa, dependendo do horário, ou seja, não compensa, porque você vai gastar com táxi do aeroporto para a rodoviária de Campo Grande e da rodoviária de Bonito para o seu hotel.

Outra opção é alugar um carro em Campo Grande, o que vai te dar mais liberdade. Se estiver em umas três pessoas já é provável que valha a pena, pois os passeios em Bonito não incluem o transporte, como explicarei abaixo. Caso seja essa sua escolha, você pode cotar em dezenas de locadoras e parcelar em até 12 vezes, pela Rentcars. Usando nosso link, a gente ganha uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda a gente a manter o blog.

Voo para Bonito

Há um pequeno aeroporto em Bonito, que recebe voos três vezes por semana. Nós fomos por lá, mas não recomendamos e detalhamos o porquê neste link abaixo.

Leia também: Porque não recomendamos o voo direto da Azul de Campinas para Bonito

Qual a melhor época

A melhor época para viajar a Bonito é entre maio e setembro, período de seca, quando a água fica mais cristalina. Além disso, é o período em que a Lagoa Misteriosa está aberta. Durante o verão, as chuvas deixam a água turva e o calor faz o número de mosquitos ainda maior.

A Lagoa Misteriosa, em Bonito, é uma caverna inundada com águas incrivelmente azuis, e cuja profundidade total ainda é desconhecida.

Lagoa Misteriosa. Essa pessoa aí sou eu!

Fomos no começo de junho e tivemos visibilidade maravilhosa nas três flutuações que fizemos. A única desvantagem, porém, de se viajar entre maio e setembro, é que o frio pode intimidar os passeios a cachoeiras. No nosso primeiro dia de viagem estava MUITO frio e não tivemos coragem de entrar nas cachoeiras da Estância Mimosa. (Contrariando as previsões históricas, havia chovido no dia anterior e pudemos comprovar a turbidez da água… Realmente viajar no verão, com chuvas, deve atrapalhar demais os passeios!)

Como escolher os passeios

O que deu fama a Bonito foram as flutuações. Eu recomendo fazer mais de uma. É tão lindo que não tem como enjoar e também há diferenças entre elas.

A Gruta do Lago Azul também é imperdível, na minha opinião – tanto que é o atrativo mais visitado da cidade, superconcorrido em qualquer época do ano.

A Gruta do Lago Azul é o atrativo mais visitado de Bonito. Após uma pequena caminhada, é preciso descer 300 degraus para avistar um incrível lago azul, dentro da caverna!

Gruta do Lago Azul

O restante, vai muito do gosto pessoal e do orçamento. Como os passeios não são baratos, sugiro só colocar aquilo que realmente você queira muito fazer. Cavalgada, por exemplo, não me agrada, então não tivemos nenhuma no roteiro.

Se você é da turma da cachoeira, talvez queira ir em mais de uma. Se tem medo de altura, será que vale mesmo a pena investir em arvorismo? Tudo muito pessoal!

Nós fizemos uma relação de 52 atrativos e os separamos por gênero. Assim, você já pode eliminar os que não te apetecem e separar aqueles que acha que poderão te agradar para pesquisar mais sobre eles.

Como agendar os passeios

Todos os atrativos de Bonito têm um limite de visitantes por dia. Por isso, é preciso agendar com antecedência, assim você não corre o risco de se desapontar, tendo que ficar de fora de algum que queria muito conhecer.

Tem gente que fala que dá para comprar diretamente nos atrativos, mas não aconselhamos isso, de jeito nenhum. Imagina se deslocar na coragem e chegar lá e não ter mais vagas? Além disso, alguns deles não recebem dinheiro. Vi duas pessoas (se desavisadas ou tentando a sorte não sei) chegando sem voucher na Gruta do Lago Azul e foram informadas que até tinha vaga em um horário mais para frente, mas que ali não podiam vender – deveria ser via agência.

Por isso, faça como todos orientam: compre tudo com antecedência nas agências de Bonito. Nós contamos com a Agência Águas Turismo e tivemos toda a assistência que precisamos. Ficamos muito satisfeitas com o serviço da equipe e recomendamos! A agência fica dentro do Hotel Águas de Bonito, onde nos hospedamos, o que foi muito prático!

Como se locomover

Em Bonito não há transporte público. Os valores dos atrativos não incluem transporte. Então você terá as seguintes opções: táxi, transporte privado, transporte compartilhado ou carro alugado.

Os táxis em Bonito não possuem taxímetro e o valor é combinado previamente. Usamos duas vezes. Na primeira vez, quando chegamos de viagem e paramos na praça principal da cidade. O percurso de 1,3 km lá até o Hotel Águas de Bonito ficou em 20 reais!

A segunda vez foi do hotel ao Projeto Jiboia e o trajeto de 2,4 km também custou 20 reais.

O que mais utilizamos foi transporte compartilhado, que é superprático porque você não tem a preocupação de dirigir: o motorista te busca e te deixa no hotel. Há alguns trechos de terra, que estavam em bom estado, mas nos disseram que quando chove costuma ter lama. O ponto negativo do transporte compartilhado é que tem horário marcado para voltar. Quando todos do grupo fazem a mesma atividade, beleza. Mas, por exemplo, no Recanto Ecológico Rio da Prata há várias atividades, incluindo a Lagoa Misteriosa, que é na mesma propriedade. Então, pode ser que as pessoas do grupo se distribuam e cada um acabe em um horário diferente, mas o retorno será, geralmente, por volta das 16h. Nós usamos transporte compartilhado com a EK Turismo e com a Vanzella Transportes.

Usamos uma vez também um transporte privado, quando não conseguimos nos encaixar em nenhum compartilhado para irmos à Nascente Azul. Fomos com o motorista Vanderlei (telefone (67) 9649-1379), que nos buscou no hotel, levou ao atrativo e nos esperou lá até que acabássemos a atividade. O valor que pagamos em junho de 2017 foi R$ 150,00.

Agora, se você quer ter mais liberdade, não esperar por ninguém, sair e chegar no seu tempo, o melhor é alugar um carro. Pelo que vi, o Google ensina os caminhos corretamente e há sempre placas indicando os atrativos. A partir de três pessoas é o que financeiramente mais compensa.

Como escolher hotel

Há muita opção de acomodação em Bonito: de hostel a resort. Se você não quer ficar dependendo de carro, o melhor é ficar no centro, próximo à avenida principal da cidade, a Pillad Rebuá, onde estão concentrados os restaurantes e demais comércios. Além disso, as vans de transporte compartilhado só pegam passageiros em hotéis próximos ao centro de Bonito. Confirme com o hotel de seu interesse se ele está no itinerário das vans.



Booking.com

Se está de carro e não se importa em locomover sempre que for comer, ou se no seu hotel tem um bom restaurante, a localização dele não será problema. Bonito conta com ótimos hotéis mais afastados, como o Cabanas, onde fizemos o arvorismo e o boia-cross, o Hotel Santa Esmeralda e a Pousada Canto do Bambu.

Nós ficamos no Águas de Bonito, um hotel maravilhoso, com piscina externa, piscina coberta e aquecida, sala de jogos, restaurante, agência de turismo integrada, ótimo café da manhã e quartos muito confortáveis.

Fica a 800 metros do centro e não usamos carro nem uma vez para irmos até lá. Fazíamos esse percurso, andando com calma, em uns 15 minutos. Gostamos demais e recomendamos.

Hotel Pousada Águas de Bonito, uma excelente opção de hospedagem em Bonito, Mato Grosso do Sul. Possui quartos confortáveis, grande área para lazer e descanso, comida boa e ótimo atendimento.

Águas de Bonito

Quantos dias ficar em Bonito

Depende. Quantas atividades você quer fazer?

Com quatro dias inteiros, dá para você fazer uma flutuação, uma cachoeira, uma ou duas atividades radicais e as Grutas do Lago Azul e de São Miguel – e talvez ainda experimentar uma segunda flutuação.

Nós ficamos seis dias inteiros e fizemos três flutuações, duas grutas, o Buraco das Araras, duas cachoeiras, três atividades radicais (arvorismo, boia-cross e quadriciclo) e dois programas noturnos.

Inspire-se lendo o nosso roteiro de 8 dias em Bonito e o 52 atrativos da cidade, separados por gênero.

Esperamos ter ajudado! Qualquer dúvida, deixe aqui nos comentários.

Índice de posts sobre Bonito

Porque não recomendamos o voo direto da Azul de Campinas para Bonito

Roteiro de 8 dias em Bonito

O que fazer em Bonito: 52 atrativos separados por gênero para você escolher

Dicas e informações para organizar uma viagem perfeita para Bonito

Hospedagem

Hotel Pousada Águas de Bonito: uma hospedagem maravilhosa

Atrativos

As cachoeiras da Estância Mimosa

As famosas cachaças e o artesanato da Taboa Fábrica de Encantos

Conheça as Grutas de São Miguel, em Bonito

A espetacular Gruta do Lago Azul

Flutuação na Nascente Azul, em Bonito: águas cristalinas e muitos peixes

Buraco das Araras: passeio contemplativo em Bonito

Bonito: Flutuação no Recanto Ecológico Rio da Prata

Lagoa Misteriosa: uma caverna inundada com águas azuis, em Bonito

Cachoeiras Serra da Bodoquena, passeio próximo a Bonito (MS)

Atividades radicais em Bonito: arvorismo e boia-cross no Hotel Cabanas

Passeio radical de quadriciclo na Trilha Boiadeira, em Bonito

Alimentação

Taboa Bar, um bar diferente em Bonito

Vício da Gula: lanches deliciosos em Bonito

Restaurante Juanita: pratos com peixe, em Bonito

Restaurante Encontro das Águas, ótimas refeições em Bonito

A flutuação no Recanto Ecológico Rio da Prata é a mais extensa de Bonito, no Mato Grosso do Sul. A água tem tempertarura agradável e é bem transparente.

Gostou? Salve no Pinterest e consulte sempre que quiser:

Como organizar uma viagem para Bonito. Qual a melhor época, como chegar, como escolher hotel, como se locomover, como escolher e agendar passeios e quantos dias ficar em Bonito.


Nossa viagem a Bonito contou com o apoio e organização da Agência Águas Turismo, Hotel Pousada Águas de Bonito e Bonito Convention & Visitors Bureau, além da colaboração de diversos parceiros. Entretanto, temos garantida nossa total liberdade editorial, isto é, tudo o que publicamos aqui reflete a nossa real experiência, independentemente de parcerias. Transparência é nosso compromisso principal com nosso leitor.

Compartilhe com seus amigos
Receba as novidades do blog no seu e-mail:  
Programando sua viagem?
Utilize nossos parceiros. Você não paga nada a mais por isso, mas a gente ganha uma pequena comissão. Se o blog te ajudou de alguma forma, é uma maneira de nos ajudar a mantê-lo.

Reserve hotéis no Booking: A maioria das acomodações não pede pré-pagamento e permite cancelamento gratuito.
Alugue um carro na Rentcars: Cote em dezenas de locadoras, parcele em até 12 vezes e pague em reais, mesmo para aluguel no exterior.
Compre Seguro Viagem com a Seguros Promo:  Compare preços e planos em mais de 10 seguradoras. Viaje com assistência médica e odontológica, seguro bagagem e atendimento 24h! Usando o código MINEIROS5 você tem 5% de desconto!
Compre ingressos e passeios com uma de nossas afiliadas Tiqets ou ou Ticketbar: Fuja da fila já chegando com seu ingresso na mão!
 

5 comentários em “Dicas e informações para organizar uma viagem perfeita para Bonito

  1. Pingback: Porque não recomendamos o voo direto da Azul de Campinas para Bonito

  2. Pingback: Bonito: As cachoeiras da Estância Mimosa

  3. Pingback: As famosas cachaças e o artesanato da Taboa Fábrica de Encantos, em Bonito

  4. Pingback: Flutuação na Nascente Azul, em Bonito: águas cristalinas e muitos peixes

  5. Pingback: O que fazer em Bonito: 52 atrativos separados por gênero para você escolher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Theme developed by TouchSize - Premium WordPress Themes and Websites

RECEBA AS NOVIDADES NO SEU E-MAIL

Inscreva-se na nossa newsletter! São só dois ou três e-mails por mês e não mandamos spam!
Seu Email
Secure and Spam free...
"Customized Theme" by: AZEVEDO.MEDIA