Página inicial / Brasil / Visita à Mina Felipe dos Santos, em Ouro Preto

Visita à Mina Felipe dos Santos, em Ouro Preto


Felipe dos Santos. Certamente você já ouviu esse nome, lá nas aulas de História do colégio. Brasil Colônia, Vila Rica, século XVIII. A Coroa Portuguesa proibiu a circulação do ouro em pó e criou as casas de fundição, que cunhavam o ouro com o selo real e já retinham a quinta parte – o quinto. Além da dificuldade de sonegar, isso tudo gerava outros transtornos. As pessoas tinham que se deslocar até as casas de fundição, gastar com hospedagem, aguentar a demora… Não tardaria em surgir revoltas. Uma delas, a Revolta de Felipe dos Santos, em 1720.

A revolta foi contida, os líderes foram mortos e as casas dos revoltosos, destruídas e incendiadas, ficando essa região conhecida, ainda nos dias de hoje, como Morro da Queimada.

No Morro da Queimada há um sítio arqueológico rico e carente de cuidados e atenção, mas sobre isso não tratarei aqui. Se você quiser saber mais sobre essa questão do parque, tem este artigo aqui da Fundação Osvaldo Cruz.

É ali no Morro da Queimada que está a Mina Felipe dos Santos, uma das minas de ouro abertas à visitação em Ouro Preto, e que nós conhecemos.

A visita guiada à mina Felipe dos Santos

Na minha última visita à cidade, eu queria visitar duas minas de ouro e contratei um guia para me levar a elas (e a outros lugares também). A experiência com o guia, a propósito, foi um desastre, e eu já contei aqui.

A primeira mina do dia foi a du Veloso, e depois fomos até a Felipe dos Santos que, segundo o nosso guia, era uma mina cheia de História, por estar no morro da queimada, “palco da Revolta de Felipe dos Santos” e por ter um lindo lago em sua entrada e uma cascata em seu interior.

A mina não tem identificação, além de uma singela e discretíssima placa próxima à entrada. Fomos atendidos pelo Geraldo, proprietário do terreno onde está a mina, que disse que já tem um combinado com o guia de dar um desconto para os turistas que ele leva: ele nos cobrou R$ 20,00  ao invés de R$ 30,00. Não se aceita carteira de estudante e o pagamento é feito exclusivamente em dinheiro.

Mina Felipe dos Santos - Ouro Preto

Colocamos uma touquinha descartável e o capacete de proteção e seguimos o Geraldo. Paramos na entrada da mina, ao lado do “lago” (que de lago não tem nada) para uma explicação introdutória bem básica.

Mina Felipe dos Santos, Ouro Preto

O lago da entrada da Mina

Mina Felipe dos Santos, em Ouro Preto

Entrada da mina

Mina Felipe dos Santos, em Ouro Preto Mina Felipe dos Santos, em Ouro Preto

A visita dentro da mina durou cerca de 15 minutos e foi mais focada em crenças, com vários relatos de visão de espíritos, por exemplo, do que na exploração do trabalho escravo na mina.

Quando chegamos à cascata, bom… Não é bem uma cascata, né, gente? Tá mais pra uma bica.

Mina Felipe dos Santos, Ouro Preto

A “cascata”

Minhas impressões

Foi a que eu menos gostei das três minas que visitei. O guia não soube me responder algumas perguntas e desconversava. Felipe dos Santos chegou a trabalhar nessa mina? Ou o nome é apenas uma homenagem a ele, por estar localizada no Morro da Queimada? Quem explorava a mina na época da Revolta? Com o sufocamento da Revolta, quem passou a explorá-la? Fiquei sem respostas… Inclusive, se você souber, me conta aqui nos comentários.

Achei muito cara para o tempo da visita. A do Chico Rei, na minha opinião, vale muito mais a pena.

Leia também:

6 minas de ouro para visitar em Ouro Preto

Visitando a Mina do Chico Rei

Visita à Mina du Veloso, em Ouro Preto: uma aula de História com o guia Dudu

Mina Felipe dos Santos

Endereço: Rua 13 de Maio , 637, Bairro Alto da Cruz – Ouro Preto
Telefone: (31) 98679-6467
Horário de Funcionamento:  diariamente, das 8h30 ás 17h30
Valor: R$ 30,00 (preço único)


Leia também:

12 pousadas baratas no centro de Ouro Preto

As igrejas, capelas e passos de Ouro Preto

11 museus para visitar em Ouro Preto

Os mirantes de Ouro Preto – 8 lugares para ver a cidade de cima

6 minas de ouro para visitar em Ouro Preto

Índice de posts em Ouro Preto

Como ir de ônibus de Belo Horizonte a Ouro Preto

Lavras Novas: o que fazer, como chegar, onde comer e onde ficar


Gostou? Salve no Pinterest e consulte sempre que quiser:

Como foi a visita à Mina Felipe dos Santos, em Ouro Preto. A mina tem esse nome em virtude da Revolta Felipe dos Santos, que ocorreu na região, em 1720.


Receba as novidades do blog no seu e-mail:  
Programando sua viagem?
Utilize nossos parceiros. Você não paga nada a mais por isso, mas a gente ganha uma pequena comissão. Se o blog te ajudou de alguma forma, é uma maneira de nos ajudar a mantê-lo.

Reserve hotéis no Booking: A maioria das acomodações não pede pré-pagamento e permite cancelamento gratuito.
Alugue um carro na Rentcars: Cote em dezenas de locadoras, parcele em até 12 vezes e pague em reais, mesmo para aluguel no exterior.
Compre Seguro Viagem com a Seguros Promo:  Compare preços e planos em mais de 10 seguradoras. Viaje com assistência médica e odontológica, seguro bagagem e atendimento 24h! Usando o código MINEIROS5 você tem 5% de desconto!
Compre ingressos e passeios com um de nossos parceiros: Tiqets  ou Get Your Guide.   Fuja da fila já chegando com seu ingresso na mão!
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Theme developed by TouchSize - Premium WordPress Themes and Websites

RECEBA AS NOVIDADES NO SEU E-MAIL

Inscreva-se na nossa newsletter! Você receberá um e-mail por mês com a relação dos posts publicados.
Seu Email
Secure and Spam free...
"Customized Theme" by: AZEVEDO.MEDIA