Página inicial / Europa / O que fazer no centro histórico de Lisboa: roteiro com mapa

O que fazer no centro histórico de Lisboa: roteiro com mapa


Praça do Comércio Lisboa


No nosso segundo dia em Lisboa exploramos bastante o Centro Histórico. Foi um dia intenso, em que mesclamos trechos de caminhada e de transporte público, com metrô, elétrico e elevadores.

Neste post daremos todos os detalhes do nosso roteiro, mostrando todos os percursos e pontos visitados no mapa.

Se você quer ver o post com o resumo de toda a viagem para Lisboa, leia:

O que fazer em Lisboa: roteiro para 4 dias

Já se você quer ler os detalhes do primeiro dia, leia:

Um dia no Parque das Nações: um passeio pela Lisboa moderna

Sabia que o Seguro Viagem é altamente recomendável para viajar para a Europa?
Cote aqui e viaje protegido. Use o cupom MINEIROS5 para ter 5% de desconto.

O que fazer no centro histórico de Lisboa

O centro histórico de Lisboa abrange os bairros: Baixa, Chiado, Alfama, Castelo e Mouraria e Alto.

Começamos o dia pegando o metrô e descendo na estação Rossio. Andamos na Praça da Figueira e depois fomos a Restauradores e pegamos o Elevador da Glória (que é um funicular) até o Miradouro São Pedro de Alcântara. O miradouro é bem legal, pois, além de ter construções bem bonitas lá em cima, de lá também se tem uma vista linda da cidade e dá para ver o Castelo de São Jorge.

Elevador para o Miradouro São Pedro de Alcântara
Elevador da Glória para o Miradouro São Pedro de Alcântara
Miradouro São Pedro de Alcântara
Construções no miradouro
Roteiro para 4 dias em Lisboa. O que fazer na capital portuguesa: Centro Histórico, Belém, Cacilhas, Parque das Nações e Sintra.
Vista do Miradouro São Pedro de Alcântara

Do miradouro, descemos até a Praça Luís de Camões e tomamos café na Padaria Portuguesa. Comemos croquete, bolinho de bacalhau e pela primeira vez experimentamos pasteis de nata em terras portuguesas. Adoramos!

Praça Luís de Camões
Praça Luís de Camões

Veja o trajeto que fizemos até aqui:

Ali pertinho, tiramos foto na estátua de Fernando Pessoa.

estátua de fernando pessoa lisboa
Estátua de Fernando Pessoa

Depois, fomos para o ponto do elétrico 28 (um bonde) para irmos ao Castelo de São Jorge. A linha 28 é operada por bondes bem antigos. É bem legal andar neles por causa do apelo histórico, mas ele foi lotadíssimo. Veja no mapa o local em que pegamos o elétrico e onde descemos.

Está gostando do blog? Então, curta nossa página no Facebook!

Descemos no Largo Portas do Sol e dali foi uma pequena caminhada até o Castelo de São Jorge. Ao contrário de outros castelos que visitamos na Europa, aqui até para visitar a área externa precisa pagar: 8,50 euros.

O mais legal do castelo é a vista da cidade. Além disso, temos ruínas, a muralha e uma pequena coleção de achados arqueológicos. Não que seja desinteressante, mas é que já tínhamos visto muitos castelos mais imponentes e completos. Não visitamos a Câmara Obscura porque só tem entrada em horários pré-determinados e ainda faltavam muitas horas. Se quiser saber mais sobre o castelo, leia:

Lisboa: Como é visitar o Castelo de São Jorge

Castelo de São Jorge Lisboa
Castelo de São Jorge
castelo de sao jorge
Vista do Castelo de São Jorge

Após visitarmos o castelo, fomos até o Miradouro de Santa Luzia e depois seguimos ladeira abaixo em direção ao centro. Passamos pelas igrejas da e de Santo Antônio de Lisboa (esta estava fechada e totalmente coberta para restauro).

Miradouro de Santa Luzia Lisboa
Miradouro de Santa Luzia
Miradouro de Santa Luzia Lisboa
Miradouro de Santa Luzia

As duas opções de restaurante que havíamos anotado para almoço estavam fechadas (parece que aproveitam o final do ano para férias coletivas e reformas), então continuamos andando até a Praça do Comércio para ver se achávamos algum outro restaurante.

Demos uma volta na praça, ficamos um tempo por lá observando o movimento (tinha até uma apresentação de coral) e depois passamos pelo Arco da Rua Augusta. É possível subir, mas não o fizemos.

Praça do Comércio Lisboa
Praça do Comércio
Praça do Comércio Lisboa
Panorama da Praça do Comércio
Elétricos na Praça do Comércio - Lisboa
Elétricos na Praça do Comércio

Na região há muitos restaurantes, mas não gostamos de nenhum. A rua Augusta é uma rua fechada para carros e os restaurantes costumam colocar mesas no meio da rua, com pedestres passando dos dois lados. Como é uma região muito turística, fica gente passando e esbarrando o tempo todo nas mesas e o assédio de vendedores ambulantes também é muito grande.

Acabou que almoçamos pasteis de bacalhau com queijo da Serra da Estrela – nossa, que coisa deliciosa! Comemos mais pasteis de nata de sobremesa.

Após o nosso almoço nutritivo e saudável, seguimos mais pela rua Augusta, até o Elevador de Santa Justa. A fila estava bem grande porque só um dos dois elevadores estava funcionando e nós esperamos cerca de 30 minutos. O elevador estava incluído no nosso tíquete de transporte público, mas, ao chegar lá em cima, precisamos pagar mais 1,50 euro para acessar o mirante. A vista é espetacular. Quando descemos, já estava anoitecendo e voltamos para a Praça da Figueira para retornarmos ao nosso apartamento, encerrando, assim, o nosso dia.

Elevador Santa Justa Lisboa
Elevador de Santa Justa
Vista do Elevador Santa Justa Lisbia
Vista do Elevador Santa Justa
Elevador de Santa Justa Lisboa
Panorama da vista do alto do Elevador de Santa Justa
Elevador de Santa Justa Lisboa
Praça da Figueira, vista do Elevador de Santa Justa

Resumo do dia

Pontos visitados

  • Praça da Figueira
  • Praça Restauradores
  • Elevador da Glória
  • Miradouro São Pedro de Alcântara
  • Praça Luís de Camões
  • Estátua de Fernando Pessoa
  • Largo Portas do Sol
  • Castelo de São Jorge
  • Miradouro de Santa Luzia
  • Igreja da Sé
  • Igreja de Santo Antônio de Lisboa
  • Praça do Comércio
  • Rua Augusta
  • Elevador de Santa Justa
  • Praça da Figueira

Transportes públicos utilizados no dia

Como utilizamos cinco transportes de diferentes modalidades, compramos para esse dia o PASSE 24 HORAS, que custou 6,40 euros. Quando comparamos com o valor dos bilhetes avulsos (veja abaixo), vimos que vale muito a pena.

  • Metrô no início do dia – 1,50 euro
  • Elevador da Glória – 3,80 euros
  • Elétrico 28 – 3 euros
  • Elevador de Santa Justa – 5,30 euros
  • Metrô no final do dia – 1,50 euro

Total dos bilhetes avulsos: 15,10 –> Economia de 8,70 euros por pessoa

Confira valores atualizados aqui.

Em um outro post vamos detalhar sobre o transporte público e os passes diários.


Leia também

Gostou? Salve no Pinterest e consulte sempre que quiser:

O que ver e fazer no centro histórico de Lisboa. Principais atrações de Baixa, Chiado, Alfama, Castelo e Mouraria e Alto, COM MAPA!

Receba as novidades do blog no seu e-mail:  
Programando sua viagem?
Utilize nossos parceiros. Você não paga nada a mais por isso, mas a gente ganha uma pequena comissão. Se o blog te ajudou de alguma forma, é uma maneira de nos ajudar a mantê-lo.

Reserve hotéis no Booking: A maioria das acomodações não pede pré-pagamento e permite cancelamento gratuito.
Alugue um carro na Rentcars: Cote em dezenas de locadoras, parcele em até 12 vezes e pague em reais, mesmo para aluguel no exterior.
Compre Seguro Viagem com a Seguros Promo:  Compare preços e planos em mais de 10 seguradoras. Viaje com assistência médica e odontológica, seguro bagagem e atendimento 24h! Usando o código MINEIROS5 você tem 5% de desconto!
Compre ingressos e passeios com um de nossos parceiros: Tiqets  ou Get Your Guide.   Fuja da fila já chegando com seu ingresso na mão!
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Theme developed by TouchSize - Premium WordPress Themes and Websites

RECEBA AS NOVIDADES NO SEU E-MAIL

Inscreva-se na nossa newsletter! Você receberá um e-mail por mês com a relação dos posts publicados.
Seu Email
Secure and Spam free...
"Customized Theme" by: AZEVEDO.MEDIA