Página inicial / Cork / O que fazer em Cork, a segunda maior cidade da Irlanda

O que fazer em Cork, a segunda maior cidade da Irlanda



Cork é a segunda maior cidade da Irlanda, atrás apenas de Dublin. Localizada no sul da ilha, é a capital do condado de mesmo nome. Nós aproveitamos nosso período de intercâmbio (e a facilidade para se chegar até lá) para visitarmos a cidade em um final de semana. Conseguimos destacar as principais atrações para você conhecer nessa encantadora cidade.

Veja aqui tudo o que já publicamos sobre a Irlanda

O que fazer em Cork, a segunda maior cidade da Irlanda, localizada no sul da ilha. Veja lista com as melhores atrações.
O Rio Lee corta a cidade de Cork

Como chegar a Cork

Cork tem aeroporto, mas as ofertas de voos não são tão boas quanto para Dublin. Se  você chegar pelo aeroporto de Dublin, tem ônibus saindo de lá e indo direto para Cork e é possível comprar as passagens na hora. Se você vai passar uns dias na capital antes de seguir para Cork, leia:

Como ir de ônibus de Dublin para Cork

Dica: Se você for de ônibus, saindo de Dublin pela manhã, vai chegar a Cork por volta das 12h, hora do almoço. Nós comemos na Gourmet Burger Bistrô, que fica perto da parada de ônibus. Estava delicioso.

Onde comer em Cork - Burger Bistro

Está gostando do blog? Então, curta nossa página no Facebook!

O que fazer em Cork

English Market

É um mercado muito bonito, com abóbodas e colunas enfeitadas. Eles se orgulham se ser um dos mais antigos mercados da Europa, datado de 1788, anterior até mesmo ao Boquería, em Barcelona. É legal para se ver mais o dia a dia das pessoas, já que o lugar também é frequentado por locais. Lá se vende peixes, frutas, bolos e também produtos industrializados made in China. Site oficial: English Market

english market o que fazer em cork

Cork City Gaol

É a antiga prisão da cidade. As visitas são autoguiadas, com um livreto, que está incluso no ingresso, ou com audioguia, com o acréscimo de uma pequena taxa. Em ambos os formatos há versão em espanhol. Nos meses de julho e agosto, há visitas guiadas em inglês a cada meia hora, das 10h às 16h, sem cobrança extra.

Nós não visitamos porque já havíamos ido a duas prisões, a de Belfast e a de Dublin. Veja valores autalizados no site oficial.

Elizabeth Fort

Essa fortaleza foi construída em 1601 e já teve vários usos até ser aberta à visitação pública, em 2013. As visitas autoguiadas são gratuitas e as guiadas, em maio de 2019, custam 3 euros. Confira os horários e valores atualizados no site oficial.

Fitzgerald’s Park

Fica bem próximo da Garnish House, a pousada onde nos hospedamos, então demos uma volta por lá. É um parque agradável, com gramado e muitas árvores e as pessoas costumam ir para lá fazer piqueniques. Abriga o Cork Public Museum, um museu gratuito que conta a História de Cork desde 7000 anos atrás.

o que fazer em cork fitzgerald park

University College Cork – UCC

A Universidade de Cork fica atrás do Fitzgerald’s Park e foi fundada em 1845. Eles oferecem visitas guiadas pelas principais áreas, passando, por exemplo, pela capela, pelos jardins e pelo observatório, onde estão alguns dos mais antigos telescópios da Irlanda. Informações sobre a visita guiada no site oficial.

St. Anne’s Church

Construída em 1722, é uma é uma das mais antigas em uso na cidade. Facilmente localizada, como eles mesmos gostam de dizer: “basta procurar pelo salmão dourado”, que fica no topo da torre. Os visitantes podem tocar seus sinos, mas, veja bem, não é qualquer “blemblem” que você vai ouvir, não. São oito sinos, cada um toca uma nota e você pode escolher uma música entre as dispostas lá para tocar. Se você tiver um pouco de habilidade, força e ritmo, pode tocar de música sacra a Beatles! Não é nada fácil!

Quem sobe a torre pode também ver o funcionamento do relógio, além de ter uma bela vista da cidade (que nós não vimos porque estava chovendo). A visita ao interior da igreja é gratuita, mas para subir até a torre e tocar os sinos, cobra-se 5 euros (em maio de 2019). Vale dizer que são 132 degraus até o topo. Confira os valores e horários no site oficial.

Foto: Sebastian “sebrem” B… [CC BY-SA 3.0] – Wkimedia Commons

St Fin Barre’s Cathedral

Uma igreja muito linda, de 1870. A entrada é paga, mas nós demos uma sorte tremenda. A igreja já estava fechada e acontecia um ensaio do coral. Nós estávamos lá fora, tirando fotos da fachada, quando o zelador perguntou se gostaríamos de entrar. Claro que aceitamos. Conhecemos a igreja e ainda assistimos ao coral.

No pátio da igreja há um labirinto, usado para meditação e preces. Enquanto se caminha por ele, é indicado refletir e agradecer.

The Butter Museum – Museu da Manteiga

A manteiga teve um importante papel na economia de Cork e a cidade chegou a ser o maior exportador do produto do mundo. O museu conta a importância histórica da manteiga e mostra também todo o seu processo de fabricação. Fica ao lado da Saint Anne’s Church. Informações sobre valores e horários no site oficial.

Blackrock Castle

Neste castelo do século XV funciona um observatório. É possível fazer visitas, que duram em torno de uma hora. O castelo fica a cerca de 6 km do centro e para chegar lá basta pegar o ônibus 202 na Merchant’s Quay. Confira o horário de funcionamento e o valor dos ingressos no site oficial.

Foto: Charlesolivercork [CC BY-SA 4.0] – Wikimedia Commons

Sabia que o Seguro Viagem é altamente recomendável para viajar para a Europa?
Cote aqui e viaje protegido. Use o cupom MINEIROS5 para ter 5% de desconto.

Caminhar e admirar a arquitetura

Seja às margens do rio Lee, que corta a cidade, seja nos bairros, você verá muita coisa bonita. Caminhar sem compromisso também é uma delícia.

Arredores de Cork

Se você tem mais tempo, pode escolher visitar pelo menos uma das atrações abaixo:

Cobh – a última parada do Titanic

Pronuncia-se “couv”, pois é uma palavra irlandesa e em irlandês o bh tem som de v. Essa cidade supercharmosa foi nossa escolha de passeio e relataremos tudo no próximo post, mas já digo que foi o que mais gostamos nessa viagem de fim de semana. Cobh é bem famosa por ter sido a última parada do Titanic antes do naufrágio.

Leia também: Conheça Cobh: a cidade irlandesa que foi a última parada do Titanic

Kinsale – vila portuária

Uma pequena e portuária cidade 30 km ao sul da cidade de Cork. É repleta de casinhas coloridas e conta com muitos restaurantes. No porto, muito iates podem ser vistos. Para se chegar em Kinsale, pegue o ônibus 226 na rodoviária de Cork (Cork Bus Station) e desça na Pier Road, perto do Centro de Informações Turísticas. O valor da passagem, conferido em maio de 2019, é 9,50 euros por trecho. Confira no site da Bus Eireann.

Foto: Carogonmu [CC BYSA 4.0 ] – Wikimedia Commons

Blarney Castle – A Pedra da Eloquência

Talvez seja o castelo mais famoso da Irlanda, por nele estar a tal Pedra da Eloquência. Dizem que quem beija a pedra, ganha o dom da boa lábia. Só tem um problema: para beijá-la você precisa se deitar e ficar praticamente de cabeça para baixo, enquanto um funcionário do castelo te segura.

Blarney fica a apenas 8 km do centro da cidade de Cork e para chegar lá basta pegar o ônibus 215 e desça em Blarney Village (Woolen Mills). O valor da passagem, verificado em maio de 2019, é 2,80 euros, mas confira aqui.

Já as informações sobre preços e horários do castelo podem ser obtidas no site oficial.

Obs.: Nós não visitamos porque quando fomos a Cork já tínhamos visitado muitos outros castelos no país. No video abaixo você tem uma ideia de como é a visita.

Jameson Distillery – fábrica de uísque

Para quem curte uísque, é possível visitar uma famosa destilaria na cidade de Midleton, a 23 km do centro da cidade de Cork. Em um tour guiado de aproximadamente 75 minutos, o visitante pode aprender o processo de fabricação da bebida e, ao final, degustar o uísque Jameson.

Foto: Lemidi [CC BY-SA 3.0] – Wikimedia Commons

Para chegar lá, você pode pegar o ônibus 240 ou o 261 na rodoviária de Cork e em 35 minutos você chega a Midleton. A tarifa, em maio de 2019, era 7,70 euros o trecho. Confira no site da Bus Eireann. De trem são 25 minutos de viagem e o valor do tíquete de ida e volta é 10,10 euros. Os trens saem a cada 30 minutos. Confira no site da Irish Rail.

Outra opção é comprar o tour combinado com o ônibus da própria Jameson, mas é preciso ficar atento, pois, nesse caso, são só três saídas diárias: às 10h, 11h30 e 14h. O ônibus da Jameson sai da Patrick’s Quay, no centro da cidade de Cork.

Informações sobre tipo de ingresso, horários e valores podem ser obtidas no site oficial.

Caso você queira comprar o ingresso para o Jameson Experience Tour, pode fazê-lo por meio do nosso parceiro Tiqets. Você não paga a mais por isso, mas a gente ganha uma pequena comissão e você nos ajuda a manter o blog no ar.

Compre seu ingresso aqui

Onde ficar em Cork

Cork tem uma boa oferta de pousadas (guest houses) e hotéis. Nós ficamos na Garnish House, uma hospedagem familiar muito boa, só que com a cama bem pequena. Explore o mapa abaixo para ver opções de acomodação.

Outra opção é alugar um quarto ou um apartamento/casa pelo Airbnb.
Clique aqui para usar nosso cupom que dá R$ 130,00 de desconto na primeira hospedagem.

Leia também: Onde ficar em Cork, na Irlanda: Pousada Garnish House

Booking.com

Gostou? Salve no Pinterest e consulte sempre que quiser:

O que fazer em Cork, a segunda maior cidade da Irlanda, localizada no sul da ilha. Veja lista com as melhores atrações.

Receba as novidades do blog no seu e-mail:  
Programando sua viagem?
Utilize nossos parceiros. Você não paga nada a mais por isso, mas a gente ganha uma pequena comissão. Se o blog te ajudou de alguma forma, é uma maneira de nos ajudar a mantê-lo.

Reserve hotéis no Booking: A maioria das acomodações não pede pré-pagamento e permite cancelamento gratuito.
Alugue um carro na Rentcars: Cote em dezenas de locadoras, parcele em até 12 vezes e pague em reais, mesmo para aluguel no exterior.
Compre Seguro Viagem com a Seguros Promo:  Compare preços e planos em mais de 10 seguradoras. Viaje com assistência médica e odontológica, seguro bagagem e atendimento 24h! Usando o código MINEIROS5 você tem 5% de desconto!
Compre ingressos e passeios com um de nossos parceiros: Tiqets  ou Get Your Guide.   Fuja da fila já chegando com seu ingresso na mão!
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Theme developed by TouchSize - Premium WordPress Themes and Websites

RECEBA AS NOVIDADES NO SEU E-MAIL

Inscreva-se na nossa newsletter! Você receberá um e-mail por mês com a relação dos posts publicados.
Seu Email
Secure and Spam free...
"Customized Theme" by: AZEVEDO.MEDIA