Página inicial / Belo Horizonte / O Museu da História da Inquisição – magnífico museu em BH

O Museu da História da Inquisição – magnífico museu em BH

Museu da História da Inquisição - Belo Horizonte

(Atualizado em 25/11/17)

Navegando pela internet, descobrimos a existência do Museu da História da Inquisição. Ficamos curiosos, pois nunca havíamos ouvido falar desse museu aqui em BH, e decidimos que iríamos conhecê-lo.

O Museu foi inaugurado em 19 de agosto de 2012 pela ABRADJIN, Associação Brasileira dos Descendentes de Judeus da Inquisição, e é o primeiro do Brasil a tratar do tema. A Inquisição durou mais de três séculos e meio e combatia os que eram considerados hereges pela Igreja Católica: bruxos, feiticeiros, bígamos, apóstatas e judeus, sendo que, segundo estudos feitos em processos do Tribunal do Santo Ofício, 85% dos condenados eram judeus! O Museu conta toda essa história, com ênfase na Inquisição no Brasil.

Dica: Combine a visita com o Parque Ecológico da Pampulha.

Museu da História da Inquisição - Belo Horizonte

tudo-sobre-belo-horizonteA visita

Quando chegamos, estava tudo fechado. Conferimos a plaquinha na porta com os horários e vimos que era dia de funcionamento. Tocamos o interfone várias vezes e nada. Já estávamos desistindo quando resolvemos ligar. Ai a Adriana nos atendeu e veio correndo nos receber. O interfone estava com defeito e o portão fica mesmo fechado. Então, não se assuste. Se ninguém te atender, é só ligar para a Adriana. 😉

Tivemos o museu inteirinho só para nós e a Adriana à nossa disposição, o que foi ótimo. O passeio começa no auditório, com um vídeo institucional e um vídeo sobre torturas. Ali no auditório, há também uma biblioteca com cerca de 400 obras relacionadas ao tema, incluindo livros raros sobre a Inquisição em Portugal.

Museu da Inquisição - Belo Horizonte

Foto do site do museu

Depois, passamos para os salões Espanha e Portugal, onde aprendemos sobre a instalação da Inquisição na Espanha e, posteriormente, em Portugal, devido ao casamento de D. Manuel, português, com a rainha Isabel, espanhola. Os judeus foram obrigados a se converter ao catolicismo (são chamados de cristãos-novos ou marranos) e a fugir da Península Ibérica e chegaram ao Brasil já com a expedição de Cabral.

Museu da Inquisição - Belo Horizonte

Foto do site do museu

Passamos ao salão Minas Gerais, onde aprendemos sobre o período da Inquisição no Estado, sobretudo no Ciclo do Ouro. Vimos também sobre a ida dos judeus cristãos-novos para o nordeste.

Por fim, fomos à terrível sala da tortura, na qual há réplicas em tamanho natural de instrumentos usados para torturar os condenados ou investigados. A cada instrumento, um arrepio. Já havíamos aprendido o modo de funcionamento de cada equipamento, no vídeo que vimos quando chegamos, mas em cada um há uma ilustração que não te deixa esquecer o modo como era usado. 💔

Museu da Inquisição

Fotos do site do museu

O acervo do museu é riquíssimo e conta com objetos judaicos originais do século XVII, vindos de Israel; cerâmicas e outros objetos encontrados em escavações de uma sinagoga do século XV, em Portugal; um pedaço do rolo da Torá, original, em couro, com mais de 500 anos (!!!!), trazido de Jerusalém; cópias de pinturas retratando a inquisição; réplicas de vestimentas festivas judaicas, bem como do sambenito, uma espécie de túnica que os condenados eram obrigados a usar, como punição e difamação, e da roupa do carrasco.

Museu da Inquisição - Belo Horizonte

Fotos do site do museu

Ficamos lá por cerca de duas horas! Aprendemos bastante, coisas muito interessantes, embora extremamente tristes. Lamentável termos um período tão longo e tão deplorável na História! Precisamos destacar também o belo trabalho da Adriana, que nos apresentou e explicou tudo sobre o acervo e respondeu todas nossas perguntas, sempre solícita e segura.

É um passeio recomendadíssimo.

Museu da História da Inquisição

Site oficial: www.museudainquisicao.org.br
Confira horário de funcionamento e valores no site do museu.
Para grupos de mais de cinco pessoas, é preciso agendar visitação. Você pode fazer isso pelo site.
NÃO é permitido fotografar no interior do Museu. As fotos utilizadas (com exceção da fachada) foram retiradas do site.
Endereço: Rua Cândido Naves, 55 – Ouro Preto – Belo Horizonte
Telefone: (31) 2512-5194
Veja o mapa.

(Foto de abertura: Escena de Inquisición, pintura de Francisco Goya, 1812)

Compartilhe com seus amigos
Receba as novidades do blog no seu e-mail:  
Programando sua viagem?
Utilize nossos parceiros. Você não paga nada a mais por isso, mas a gente ganha uma pequena comissão. Se o blog te ajudou de alguma forma, é uma maneira de nos ajudar a mantê-lo.

Reserve hotéis no Booking: A maioria das acomodações não pede pré-pagamento e permite cancelamento gratuito.
Alugue um carro na Rentcars: Cote em dezenas de locadoras, parcele em até 12 vezes e pague em reais, mesmo para aluguel no exterior.
Compre Seguro Viagem com a Seguros Promo:  Compare preços e planos em mais de 10 seguradoras. Viaje com assistência médica e odontológica, seguro bagagem e atendimento 24h! Usando o código MINEIROS5 você tem 5% de desconto!
Compre ingressos e passeios com um de nossos parceiros: Tiqets  ou Get Your Guide.   Fuja da fila já chegando com seu ingresso na mão!
 

5 comentários em “O Museu da História da Inquisição – magnífico museu em BH

  1. Pingback: O que fazer em Belo Horizonte: roteiro para 3 ou 4 dias

  2. Pingback: Onde ficar em Belo Horizonte: Max Savassi Apart Service

  3. Pingback: Um dia no Parque Ecológico da Pampulha » Mineiros na estrada

  4. Pingback: A Igreja São Francisco de Assis – a Igrejinha da Pampulha » Mineiros na estrada

  5. Pingback: O Museu de Arte da Pampulha – antigo cassino de Belo Horizonte » Mineiros na estrada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Theme developed by TouchSize - Premium WordPress Themes and Websites

Assine nossa newsletter

Receba um e-mail mensal com a relação dos posts publicados no mês e outras novidades!
Seu Email
Secure and Spam free...
"Customized Theme" by: AZEVEDO.MEDIA