Página inicial / Aracaju / Bate-volta para Mangue Seco partindo de Aracaju

Bate-volta para Mangue Seco partindo de Aracaju


(Atualizado em novembro de 2017)

Em Aracaju, fizemos três passeios de dia inteiro: Mangue Seco, Cânions do Xingó e Foz do Rio São Francisco. Após darmos um passeio pela orla, fazendo orçamentos em empresas de turismo, optamos por fechar os três com a Toptur.

O primeiro passeio foi para Mangue Seco, que é uma vila de pescadores no município de Jandaíra, na Bahia, a 75 km de Aracaju. É a última praia no norte da Bahia e ficou famosa por ter sido cenário da novela Tieta. O passeio envolveu van + escuna + bugue até chegar à praia, e o inverso no retorno.

Leia também: A orla da praia de Atalaia, em Aracaju

A van nos pegou no hotel bem cedinho e seguimos até o rio Real, onde pegamos uma escuna. Na época, uma ponte estava para ser inaugurada, o que diminuirá o tempo de percurso e eliminará a necessidade de se pegar o barco (atualização: a ponte já foi inaugurada).

Mangue Seco

Nossa escuna estava visivelmente torta. De um lado o rio estava longe, lá embaixo. Do outro, era possível tocar o rio com as mãos. Isso deixou alguns bem apreensivos, mas, felizmente, correu tudo bem. Cerca de meia hora depois, chegamos ao lado de lá, onde ficam os bugueiros já aguardando os turistas.

Não cronometramos, mas acreditamos que o passeio de bugue durou cerca de meia hora.

Mangue Seco

Quem conhece Natal, não espere o mesmo passeio. É bem mais curto e é “sem emoção”, mas a paisagem é linda. Atravessamos as dunas, fizemos uma rápida parada para fotos, conhecemos Romeu e Julieta, dois coqueiros solitários em meio a areia. A foto, tirada pelo bugueiro, pegou apenas o Romeu, mas é só jogar no Google que você acha várias fotos dos dois coqueiros.

Mangue Seco

A praia é bem bonita, preservada, limpa. Chegamos ainda pela manhã e nos alojamos em um dos restaurantes na praia. Esses restaurantes geralmente têm palhoças com muita sombra. No que ficamos (acho que se chamava Asa Branca), a comida era gostosa, embora cara. Vale a pena deixar o almoço encomendado logo ao chegar, marcando o horário para servir, pois costuma encher nos fins de semana, segundo dizem. No nosso caso, mesmo agendando horário, esperamos mais de uma hora além do combinado.

tudo-sobre-sergipe

Passam alguns ambulantes e crianças recitando versinhos ganham a simpatia e o coração dos turistas. Nos rendemos às cocadas, deliciosas!

cocadas de Mangue seco

Na volta, o bugueiro parou em um ponto das dunas onde havia um esquibunda, mas ninguém quis descer. Achamos o morrinho pequeno e sem graça.

Pegamos a escuna torta novamente e depois a van e retornamos para Aracaju, chegando no fim da tarde.

Gostou? Salve no Pinterest e consulte sempre que quiser:

Bate-volta para Mangue Seco, última praia do litoral norte da Bahia, partindo de Aracaju. Um passeio lindo partindo da capital sergipana até a última praia ao norte da Bahia. Tem passeio de bugue por entre as dunas!

Salvar

Salvar


Receba as novidades do blog no seu e-mail:  
Programando sua viagem?
Utilize nossos parceiros. Você não paga nada a mais por isso, mas a gente ganha uma pequena comissão. Se o blog te ajudou de alguma forma, é uma maneira de nos ajudar a mantê-lo.

Reserve hotéis no Booking: A maioria das acomodações não pede pré-pagamento e permite cancelamento gratuito.
Alugue um carro na Rentcars: Cote em dezenas de locadoras, parcele em até 12 vezes e pague em reais, mesmo para aluguel no exterior.
Compre Seguro Viagem com a Seguros Promo:  Compare preços e planos em mais de 10 seguradoras. Viaje com assistência médica e odontológica, seguro bagagem e atendimento 24h! Usando o código MINEIROS5 você tem 5% de desconto!
Compre ingressos e passeios com um de nossos parceiros: Tiqets  ou Get Your Guide.   Fuja da fila já chegando com seu ingresso na mão!
 

7 comentários em “Bate-volta para Mangue Seco partindo de Aracaju

  1. Pingback: Bate volta saindo de Salvador - Vaneza com Z

  2. Pingback: Cânion do Xingó – navegando pelo Rio São Francisco

  3. Pingback: Passeio pela Foz do Rio São Francisco » Mineiros na Estrada

  4. Pingback: A orla da praia de Atalaia, em Aracaju » Mineiros na estrada

  5. Pingback: Uma semana em Aracaju – a orla da praia de Atalaia - Mineiros na estrada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Theme developed by TouchSize - Premium WordPress Themes and Websites

RECEBA AS NOVIDADES NO SEU E-MAIL

Inscreva-se na nossa newsletter! Você receberá um e-mail por mês com a relação dos posts publicados.
Seu Email
Secure and Spam free...
"Customized Theme" by: AZEVEDO.MEDIA