Página inicial / Argentina / O que fazer em Puerto Iguazú (além das cataratas)

O que fazer em Puerto Iguazú (além das cataratas)

puerto-iguazu

Você já conheceu e se maravilhou com as cataratas vistas do Parque Nacional Iguazú. Agora, se tiver uma manhã ou tarde disponível, vale dar uma volta no centrinho da cidade. Pode até aproveitar a ida ao Duty Free para dar uma esticadinha até a feirinha. Na minha opinião, não é algo excepcional e indispensável e não vale sacrificar outros programas por esse, mas caso tenha tempo sobrando, vale, sim.

Lembrando que só fomos ao Duty Free e ao Centro, mas, se quiser outras opções, a gente também listou logo abaixo. Para as outras atrações, dê uma olhada nos site oficiais e nas avaliações de quem foi, cujos links estão disponiveis. Veja se os lugares atendem seu gosto pessoal e analise se vale a pena despender tempo e dinheiro em alguma delas. Vamos lá?

O acesso a Puerto Iguazú

O único jeito de entrar na Argentina, saindo de Foz do Iguaçu, é pela Ponte Internacional Tancredo Neves. Você precisa chegar à Avenida das Cataratas, onde haverá a saída para a ponte. Há placas indicativas. Quando você começar a percorrer a ponte, vai notar que ela é verde e amarela. De repente, fica azul e branco. Pronto! Você já está na terra dos hermanos.

fronteira brasil argentina

Sobre a imigração sugiro que você leia este post aqui, onde explicamos também tudo sobre como fazer para ir de ônibus.

Duty Free Shop

É a primeira coisa que você vai ver assim que acaba a ponte.  Fica imediatamente antes da aduana, então para ir até lá, você não vai precisar passar pela imigração argentina. Se for de carro, estacione lá. Se for de ônibus, desça na aduana e volte para a entrada do Duty Free, como já explicamos aqui.

Para quem não sabe, duty-free shop são lojas que vendem produtos com redução de impostos. No de Puerto Iguazú você encontra bebidas, perfumes, cosméticos, roupas, mochilas e muita gordice, como chocolates, balas e biscoitos.

duty free argentina

Não sou uma pessoa extremamente ligada em compras e não entendo muito de marcas e tal, mas minha humilde sugestão é que você pesquise antes os preços do que você pretende comprar. Não sei o que acontece, mas, parece que quando fala que é free shop, as pessoas são possuídas por um espírito maligno que bloqueia suas as mentes e as impedem de fazer a conversão dólar-real. Os cosméticos, por exemplo, estavam o mesmo preço (alguns até mais caros) das lojas comuns de shopping aqui no Brasil (em BH, pelo menos). Para outras dicas de compras, leia os posts sobre o Paraguai.

Centrinho de Puerto Iguazú

Leia aqui como chegar ao Centro de Puerto Iguazú.

Descendo no começo da Avenida Brasil, você verá algumas lojinhas de lembranças e quioscos, que são lojinhas de conveniência. Voltando um pouco, tem uma feirinha de artesanato, mas nós não fomos porque ela fecha às 17h e como nós acabamos a visita ao mercadinho às 16h50, não dava mais tempo. Esse mercadinho é conhecido como Feirinha. Para chegar até ele, siga a avenida Brasil. Vai chegar em uma bifurcação onde tem uma Freddo. Siga pela esquerda. Se não quiser andar a av. Brasil, peça ao motorista para parar na Feirinha, pois há um ponto em frente. A tal feirinha não é assim bonita, mas tem queijos, vinhos e alfajores a preços muito bons. Em janeiro de 2014, alfajores estavam a R$2,00 a unidade e a caixa com 12 saía a R$16,00.

perro caliente

Loja de artesanato na av. Brasil

Loja de artesanato na av. Brasil

Na bifurcação, pegue a esquerda para ir à feirinha

Na bifurcação, pegue a esquerda para ir à feirinha

La feirinha

La feirinha

la feririnha puero iguazu alfajor

Icebar Iguazu

É um bar todo feito de gelo. A entrada custava 200 pesos argentinos e dava direito à roupa especial, que aguente os -10ºC, e a quantas bebidas você consiga tomar em vinte e cinco minutos, tempo máximo permitido para ficar no bar. Site oficial. Nós não fomos, mas você pode ler avaliações aqui. Funciona das 14h até a meia noite.

Guira Oga

É um local que cuida de animais resgatados, como, por exemplo, os atropelados nas estradas que cortam as florestas. No site oficial, a equipe sempre conta quando algum animal foi resgatado ou devolvido à natureza. Funciona de 9h às 17h e a visita guiada (em português ou espanhol) dura uma hora e meia.  Avaliações de quem foi aqui.

La Aripuca

É um empreendimento de ecoturismo. Logo na entrada se vê uma arapuca gigante, construída com troncos centenários. Há outras atrações também. Tem quem ame e quem odeie, depende muito do quão ligado você é em natureza. Leia avaliações de quem foi e analise, de acordo com seu tempo disponível, se vale a pena visitar. Funciona de 9h às 18h e a duração do passeio é de uma hora, aproximadamente. Site oficial.

Foto: divulgação

Foto retirada do site oficial

Jardín de los Picaflores

É um jardim de uma casa residencial onde muitos, mas muitos beija-flores vão visitar. Quem vai costuma amar. A entrada é 40 pesos. Eles não têm site, mas têm uma página no Facebook.

Casino Iguazú

Do lado de lá da fronteira, a jogatina é liberada. Quem gosta e está disposto a arriscar algum dinheiro, pode ir ao Casino Iguazú, que fica pouco depois da aduana argentina. De acordo com quem já foi, em algumas máquinas são aceitos dólares, pesos e reais, e em outras,  apenas dólares e pesos. Site oficial.

Casa Ecológica Iguazú – la casa de las botellas

É uma casa toda feita de materias recicláveis, especialmente garrafas e caixas de leite. Vende-se artesanato e vinhos. Veja aqui opiniões de quem foi. Página do Facebook.

Foto retirada da página do facebook da Casa de las Botelhas

Foto retirada da página do facebook da Casa de las Botelhas

Parque Temático Selvaviva

É um parque de animais, como se fosse um zoológico. Funciona de 9h às 12h e de 16h às 18h. O valor da entrada é  60 pesos. Avaliações de quem foi aqui. Site oficial.

Restaurantes

Puerto Iguazú é famosa pelos seus restaurantes que servem as tão faladas carnes argentinas. Como nós não somos tão carnívoros assim, ficamos em Foz, mesmo. Há relatos de quem gastou cerca de R$100,00 para jantar, para duas pessoas, sem bebidas, mas, como há inflação na Argentina, considere pagar um pouco mais. E não se esqueça do valor do táxi, pois a linha internacional não roda à noite. Veja aqui uma relação de restaurantes em Puerto Iguazú.

Créditos da imagem de abertura do post: Buenos Aires Perception

Compartilhe com seus amigos
Receba as novidades do blog no seu e-mail:  
Programando sua viagem?
Utilize nossos parceiros. Você não paga nada a mais por isso, mas a gente ganha uma pequena comissão. Se o blog te ajudou de alguma forma, é uma maneira de nos ajudar a mantê-lo.

Reserve hotéis no Booking: A maioria das acomodações não pede pré-pagamento e permite cancelamento gratuito.
Alugue um carro na Rentcars: Cote em dezenas de locadoras, parcele em até 12 vezes e pague em reais, mesmo para aluguel no exterior.
Compre Seguro Viagem com a Seguros Promo:  Compare preços e planos em mais de 10 seguradoras. Viaje com assistência médica e odontológica, seguro bagagem e atendimento 24h! Usando o código MINEIROS5 você tem 5% de desconto!
Compre ingressos e passeios com um de nossos parceiros: Tiqets  ou Get Your Guide.   Fuja da fila já chegando com seu ingresso na mão!
 

5 comentários em “O que fazer em Puerto Iguazú (além das cataratas)

  1. Pingback: Foz do Iguaçu no Verão – Roteiros e dicas do que Fazer – Vem que te Conto!

  2. Olá,
    Estou planejando ir para Foz e separei um dia para ir conhecer La Aripuca, mas não tenho certeza se reservo o dia todo para este passeio, ou só a parte da manhã já é suficiente, assim eu voltaria para Foz e faria outro passeio a tarde.
    Você pode me ajudar? Outra pergunta é qual o tempo que se gasta de Foz para Puerto Iguazu, vou de bus saindo da rua atrás do TTU. Obrigada!!!

    • Oi, Danielle.
      Eu não fui à La Aripuca, então não sei te falar sobre o tempo. Sugiro que entre na página do estabelecimento no Tripadvisor e pergunte lá para o pessoal que já foi.
      Quanto ao tempo de ônibus, a gente gastou cerca de 1h15 até o centrinho de Puerto de Iguazú, em alta temporada (janeiro).
      Abraços!

  3. Oi, bom dia!
    Já vi comentários alguns blogs sobre passeios em Foz e achei esse bem bacana. Parabéns.
    Gostaria de saber se dá para pagar com real em Puerto Iguazú ou se é melhor irmos com Peso do Brasil. Já vi comentários divergentes, mas foram pessoas que viajaram há mais tempo, preciso de uma informação mais atual.
    Obrigada;)

    • Oi, Eugênia!
      Olha só, todos os lugares pelos quais passamos em Puerto Iguazú, com exceção da bilheteria do Parque das Cataratas, aceitavam reais. Claro que a cotação não era vantajosa. Mas, na feirinha, aquela dos alfajores e vinhos, incrivelmente saía mais em conta comprar em real do que em peso. A passagem do ônibus da rodoviária de PI para o parque das cataratas também podia ser paga em reais, com cotação vantajosa também.

      Se você for ao parque do lado argentino, terá, obrigatoriamente, que já chegar lá com pesos em mãos e, nesse caso, eu sugeriria que trocasse uma quantia a mais, tanto para consumo no parque, quanto por precaução.

      Boa viagem!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Theme developed by TouchSize - Premium WordPress Themes and Websites

Assine nossa newsletter

Receba um e-mail mensal com a relação dos posts publicados no mês e outras novidades!
Seu Email
Secure and Spam free...
"Customized Theme" by: AZEVEDO.MEDIA