Página inicial / Brasil / Conhecendo Porto de Galinhas com o passeio de buggy Ponta a Ponta

Conhecendo Porto de Galinhas com o passeio de buggy Ponta a Ponta

Com o passeio de buggy Ponta a Ponta, conhecemos todas as praias de Porto de Galinhas, em quatro ou seis horas.

Uma ótima maneira de conhecer todas as praias de Porto de Galinhas é fazendo o passeio “Ponta a Ponta”. Todo o percurso é feito em buggy, que é usado para percorrer todas as praias, com paradas para banho em algumas delas.

Obviamente que você não vai parar na praia em que estiver hospedado. Nós estávamos na Vila, então nosso passeio seria por Cupe, Muro Alto, Maracaípe e Pontal do Maracaípe. Se você estiver hospedado em algum desses lugares, haverá parada também na praia de Porto de Galinhas propriamente dita, que é onde estão as famosas piscinas naturais.

Em cada buggy cabem quatro pessoas e o preço cobrado é por buggy. Se você estiver em duas pessoas, por exemplo, pode deixar seu nome na Associação dos Bugueiros que, certamente, haverá outra dupla para se juntar a você. Caso queira, também pode fechar um buggy só para você, para não ter que dividir com um estranho que talvez não terá nada a ver com você (Digo isso porque quando fomos fazer o passeio das dunas de Natal, Guto e eu dividimos o buggy com duas pessoas de cara fechada, que não queriam fazer nem as paradas… Aff).

Há várias pessoas oferecendo passeio de buggy, mas eu recomendo fazer com buggy credenciado e filiado à Associação dos Bugueiros. Uma maneira rápida de verificar isso é pela cor da placa: os associados têm placa vermelha. Na Vila eu vi dois quiosques: um da entrada da praia, na esquina da rua Caraúna com rua das Piscinas Naturais, e outro na rua Esperança com Bejupirá.

Leia também:

Roteiro de 8 dias por Recife, Olinda e Porto de Galinhas

5 dicas para programar sua viagem para Porto de Galinhas

Como ir de graça às piscinas naturais de Porto de Galinhas

passeio ponta a ponta

Como foi o nosso passeio

Estávamos em seis pessoas e contratamos dois buggys na Associação. Fomos três em cada buggy, com os bugueiros Valdinho (tel 81-99381-9650 – Instagram) e Manoel (tel – 81 99690-2405 –  Instagram), que foram muito atenciosos o tempo todo. Inicialmente, havíamos contratado o passeio de 4 horas, que seria R$ 150,00 por buggy. A atendente lá na Associação explicou que, caso gostássemos muito de alguma praia visitada e quiséssemos ficar mais duas horas, era só avisar os bugueiros e pagar mais 50 reais por buggy (preços de outubro de 2017 – BAIXA temporada).

Às 8h30, eles chegaram na Pousada e nós pedimos para começar o passeio pelas praias do norte, para aproveitarmos a maré baixa e desfrutarmos mais das piscinas naturais.

Partimos rumo à Praia do Cupe, onde só passamos, sem paradas, a não ser uma rapidinha para fotos.

passeio de buggy ponta a ponta

passeio de buggy ponta a ponta porto de galinhas

De lá seguimos para o Pontal do Cupe, onde ficamos por 50 minutos. A praia estava uma delícia, com umas piscininhas e muito, muitos, muitos peixinhos! Ao contrário das praias da Vila, as barracas aqui não cobram consumação mínima, nem aluguel de cadeiras e guarda-sóis.

capela na praia do cupe

Capela na entrada da praia

Pontal do Cupe - Porto de Galinhas

Pontal do Cupe

Pontal do Cupe - Porto de Galinhas

Pontal do Cupe Porto de Galinhas

Muitos peixes, bem no rasinho…

Fomos para a segunda praia, a de Muro Alto, que, segundo o bugueiro, tem a maior piscina natural da América Latina, com 2,5 km de extensão.

Muro Alto - Porto de Galinhas

Muro Alto

Muro Alto - Porto de Galinhas

Muro Alto

Ficamos na barraca do Vero, que também nao cobra consumação, nem aluguel das cadeiras. A maré baixa forma um cenário maravilhoso, com os recifes bem visíveis. Muita gente pratica stand up paddle, aproveitando a calmaria do lugar. O nosso tempo ali seria de uma hora, mas estava tão bom, mas tão bom, que foi aqui que nós resolvemos esticar o passeio.

Pedimos almoço: uma porção de isca de peixe, uma de carne de sol (ambas com macaxeira e batata frita), mais uma porção de arroz e uma de feijão mais suco. Antes tínhamos tomado água de coco. Para você ter uma noção de valores, a conta com tudo isso mais o serviço ficou em R$ 190,00, para seis pessoas e comemos bem. A única coisa que não gostamos muito foi da carne de sol, pois alguns pedaços estavam muito duros.

Barraca do Vero - Muro Alto

Barraco do Vero

Aproveitamos bastante a praia e nem vimos o tempo passar e olha que ficamos ali por três horas. Rapidinho deu a hora de seguirmos para o sul. Fomos ao Pontal de Maracaípe, onde há o passeio de jangada para ver cavalos-marinhos. O jangadeiro leva os turistas até um local de encontro de mar e rio e retira um bichinho da água, num pote de vidro, para os turistas fotografarem. Não curtimos esse tipo de atividade, pois embora ainda não seja proibida, retirar os cavalinhos de seu habitat os estressa: são seres muito frágeis e estão em extinção. O valor dessa atividade é R$ 25,00 por pessoa. Achamos melhor ter pago os R$ 12,00 para vê-los no Hippocampus, que é um projeto de preservação que fica no centro de Porto de Galinhas. Lá o tempo é livre e você vê várias espécies.

Já tínhamos dito aos bugueiros que não queríamos fazer esse passeio de jangada (o que inclusive nos rendeu mais minutos na excelente praia de Muro Alto), mas, mesmo assim, fomos até lá para ver como é o local de onde partem as jangadas. Quem faz esse passeio tem uma rápida parada no encontro do rio com o mar.

A última parada foi em Maracaípe, onde não há banho, tendo em vista que o mar é bem agitado, sendo inclusive palco de campeonatos de surfe. Em compensação, há um coqueiral maravilhoso e, ali, sim, paramos e tiramos muitas fotos!

Maracaípe - Porto de Galinhas

Praia de Maracaípe – mar bem agitado

Maracaípe - Porto de Galinhas - passeio de buggy

Coqueiral de Maracaípe

No fim das contas, nosso passeio Ponta a Ponta teve mais ou menos seis horas de duração. O tempo em cada parada dependerá do seu grupo, como você pôde ver pelo nosso relato. 

passeio de buggy ponta a ponta porto de galinhas

Nossa família e os dois bugueiros, Valdinho e Manoel

Gostou? Salve no Pinterest e consulte sempre que quiser:

Com o passeio de buggy Ponta a Ponta, conhecemos todas as praias de Porto de Galinhas, em quatro ou seis horas. Porto de Galinhas, Pernambuco.

Compartilhe com seus amigos
Receba as novidades do blog no seu e-mail:  
Programando sua viagem?
Utilize nossos parceiros. Você não paga nada a mais por isso, mas a gente ganha uma pequena comissão. Se o blog te ajudou de alguma forma, é uma maneira de nos ajudar a mantê-lo.

Reserve hotéis no Booking: A maioria das acomodações não pede pré-pagamento e permite cancelamento gratuito.
Alugue um carro na Rentcars: Cote em dezenas de locadoras, parcele em até 12 vezes e pague em reais, mesmo para aluguel no exterior.
Compre Seguro Viagem com a Seguros Promo:  Compare preços e planos em mais de 10 seguradoras. Viaje com assistência médica e odontológica, seguro bagagem e atendimento 24h! Usando o código MINEIROS5 você tem 5% de desconto!
Compre ingressos e passeios com uma de nossas afiliadas Tiqets ou ou Ticketbar: Fuja da fila já chegando com seu ingresso na mão!
 

7 comentários em “Conhecendo Porto de Galinhas com o passeio de buggy Ponta a Ponta

  1. Pingback: 5 dicas para programar sua viagem para Porto de Galinhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Theme developed by TouchSize - Premium WordPress Themes and Websites

RECEBA AS NOVIDADES NO SEU E-MAIL

Inscreva-se na nossa newsletter! São só dois ou três e-mails por mês e não mandamos spam!
Seu Email
Secure and Spam free...
"Customized Theme" by: AZEVEDO.MEDIA