Página inicial / Brasil / Paulista Aberta, lazer grátis em São Paulo aos domingos

Paulista Aberta, lazer grátis em São Paulo aos domingos

A Avenida Paulista é fechada para carros e aberta para pedestres aos domingos, se transformando em uma ótima opção gratuita de lazer.

Desde de junho de 2016, a Avenida Paulista, a rua mais famosa de São Paulo, fica fechada para carros e aberta para pedestres aos domingos e feriados. É a Paulista Aberta, cuja fama chegou rapidamente aqui em Minas, não sei se pela polêmica ou pela nova opção de lazer propriamente dita.

Fato é que eu fiquei morrendo de vontade de ver como era isso e quando soube que seria parte do programa do “Vem pra Sampa, meu!”, um encontro de blogueiros de viagem que aconteceu em outubro, eu me empolguei.

Leia também: Passeando por São Paulo no “Vem pra Sampa, meu!”

O que é a Paulista Aberta

Como já disse, é o fechamento da avenida para veículos e abertura para pedestres, que ocorre aos domingos e  feriados. Mas, na prática, é mais do que isso. É uma grande opção de lazer e entretenimento para todas as idades – e grátis.

Tem gente caminhando, andando de bicicleta, crianças de patins, brincando de fazer bolha de sabão, pessoas andando com seus cães, grupos musicais variados, aula de zumba, manifestações políticas, artesãos expondo trabalhos, gente fotografando. Tem de tudo!!!

O que tem para fazer na Paulista Aberta

Muita coisa!

A gente começou nosso passeio pela Praça do Ciclista, onde tiramos muitas fotos do grupo, que tinha umas 30 pessoas.

Dali começamos a caminhar sem pressa, apenas curtindo, observando, fotografando. Em um grupo grande assim, difícil manter todo mundo junto, então cada um ia parando no que tinha mais interesse. Um grupo de sapateado aqui, um menininho dançando Michael Jackson ali, uma aula de zumba acolá…

Pessoas fazendo sapateado na Paulista Aberta.

Sapateado

E assim fomos, até o MASP, onde nos reunimos para mais fotos.

Demos uma voltinha na feirinha de antiguidades que acontece ali no vão do Museu. Coisas bem curiosas, mas não baratas.

Feirinha de antiguidades, no vão do MASP, e São Paulo.

Feirinha de Antiguidades, no vão do MASP.

Moedas e selos antigos à venda na feirinha de antiguidades que acontece aos domingos, no vão do Masp, em São Paulo.

Descemos para o Mirante 9 de Julho, atrás do MASP, que tem uma vista legal da avenida. Era um espaço ocioso na cidade, que foi recuperado e hoje ali funciona um café.

Mirante da 9 de Julho, em São Paulo. localizado atrás do MASP.

Mirante da 9 de Julho

Masp, Museu de Arte de São Paulo, visto próximo do Mirante da 9 de Julho

MASP visto perto do Mirante da 9 de Julho

Voltamos para a Paulista, passamos por um homem sem cabeça, por um panda e por vários grupos musicais de diferentes estilos.

Homem sem cabeça, na Paulista Aberta. Panda, na Paulista Aberta.

Vários grupos musicais, de diferentes estilos, se apresentam na Paulista Aberta.

Passamos pelo Parque Trianon, um espaço de área verde bem no meio da Paulista. Não visitamos por falta de tempo. É coisa demais para um dia só e a gente acaba tendo que escolher onde parar.

Na hora do almoço, você pode escolher restaurantes próximos (parte do grupo foi ao árabe Halim), a praça de alimentação do Shopping Pátio Paulista, ou um dos food trucks que ficam na praça Osvaldo Cruz, em frente ao shopping, o que foi minha escolha, junto com amigos blogueiros que fiz no encontro.

waffle

E você pode aproveitar também as opções que ficam, digamos, na calçada.

Nós visitamos a Casa das Rosas, uma mansão de 30 cômodos concluída em 1935, onde se reuniam os barões do café. Hoje é um espaço voltado para eventos literários, com oficinas, palestras e exposições voltados ao tema, além de eventos para lançamento de livros.

Casa das Rosas, antigo casarão de 1935, localizado na Avenida Paulista, em São Paulo.

Casa das Rosas

Ainda deu tempo de visitar todo o Itaú Cultural, que tinha duas exposições temporárias, uma delas sobre Cartola, além da exposição permanente Espaço Olavo Setúbal, que ocupa dois andares.

Exposição permanente do Itaú Cultural, idealizado por Olavo Setúbal. O iInstituto fica na Avenida Paulista, em São Paulo.

Itaú Cultural

Ainda tem a Livraria Cultura, no Conjunto Nacional, famosa por ser gigante: ocupa uma área de cerca de 4,5 mil metros quadrados de área.

A Paulista Aberta é super legal

Amei a experiência! Caminhei com muita tranquilidade e me senti bem segura. Claro que ainda hoje o fechamento de uma avenida tão importante continua dividindo opiniões, mas, digo, com meu olhar de turista, que chega a ser tocante ver as pessoas tão felizes se divertindo.

Há muito tempo não via tantas famílias juntas, fazendo um programa ao ar livre!

Quer saber mais sobre a Paulista Aberta? Acesse o site oficial.

* Créditos da foto de abertura:  Vem pra Sampa, meu!

Parceiros e patrocinadores do evento Vem pra Sampa, meu!

Patrocinadores:

Pinterest ♦ Rentcars ♦ Vert Hotéis

Parceiros:

Bem São Paulo ♦  Boteco São Conrado ♦  Cabify ♦  Casa 658 ♦  Cerveja Leuven ♦  Cervejaria Muamba ♦  Cervejaria Nacional ♦  Finestrino ♦  Globo Livros ♦  Heineken ♦  KLM ♦ Carambola Food Bike ♦  Passuapé ♦  PlugCLXT ♦ Ponto Chic ♦  Quality Suites Oscar Freire ♦  SealBag ♦  Sterna Café ♦  Terraço Itália ♦  Viagema  ♦ Villa Távola ♦ Yelp

Apoio Institucional:

São Paulo CVB ♦  SPTuris

Blogs organizadores:

Coisos On The Go ♦ My Destination Anywhere ♦ Tô Pensando em Viajar

Blogs participantes:

amandAqui ♦ Apure guria! ♦ Carta sem Portador ♦ Com os Pés no Mundo ♦ Cris pelo Mundo ♦ Da Porta Pra Fora ♦ De Cá Pra Lá ♦  Devaneios de Biela ♦ Dicas e Roteiros de Viagens ♦ Dicas Onde Ficar ♦ Dudu Afora ♦ Família Viagem ♦ Finestrino ♦ How To Travel Light ♦ Incríveis Lugares ♦ inRoutes ♦ Janela ou Corredor? ♦ Longe e Perto ♦ Marola com Carambola ♦ Me deixa ser turista ♦ Me Leva de Leve ♦ Mineiros na Estrada ♦ Nerds Viajantes ♦ Novo Caroneiro ♦ Por Onde Andamos ♦ RêVivendo Viagens ♦ São Paulo sem Mesmice ♦ Segredos de Viagem ♦ Trilhamarupiara diário de viagens ♦ Viagem em Detalhes ♦ Viagem Primata (e Viaja Bi!) ♦Viagens Cine ♦  Viagens da Mochilinha Gaúcha ♦ Viajando no Blog ♦ Viaje com a Flora ♦  Vícios de Viagem ♦  Vida Cigana



Clique aqui para receber as novidades do blog no seu e-mail




Booking.com

Salvar

 

Salvar

Salvar

Compartilhe com seus amigos
Receba as novidades do blog no seu e-mail:  
Programando sua viagem?
Utilize nossos parceiros. Você não paga nada a mais por isso, mas a gente ganha uma pequena comissão. Se o blog te ajudou de alguma forma, é uma maneira de nos ajudar a mantê-lo.

Reserve hotéis no Booking: A maioria das acomodações não pede pré-pagamento e permite cancelamento gratuito.
Alugue um carro na Rentcars: Cote em dezenas de locadoras, parcele em até 12 vezes e pague em reais, mesmo para aluguel no exterior.
Compre Seguro Viagem com a Seguros Promo:  Compare preços e planos em mais de 10 seguradoras. Viaje com assistência médica e odontológica, seguro bagagem e atendimento 24h! Usando o código MINEIROS5 você tem 5% de desconto!
Compre ingressos e passeios com um de nossos parceiros: Tiqets  ou Get Your Guide.   Fuja da fila já chegando com seu ingresso na mão!
 

20 comentários em “Paulista Aberta, lazer grátis em São Paulo aos domingos

  1. Demais, eu acho estas ações culturais fantásticas! Adoro esta ação criada pela prefeitura de São Paulo e embora muita gente critique, eu pessoalmente acho sensacional! Espero que mais cidades tomem como exemplo! Mais diversão, mais amor; Menos carros, menos raiva… 🙂

  2. A Paulista Aberta é uma intervenção maravilhosa, que faz muito bem pra cidade e traz um novo olhar tanto pra quem conhece ela bem como pra turistas, lindo seu post Gê. Ah e fiquei com vontade de comer esse waff de novo, tava muito bom. Saudades do Vem Pra Sampa.

  3. Que demais esse passeio pela Paulista 🙂 Acompanhei esse encontro através das fotos do instagram e fiquei babando em todas as fotos. A Paulista é um ótimo programa de domingo. Já fiz o passeio por ela, mas foi antes dela ser interditada para carros. Quero voltar a SP e conhecer os pontos turísticos mencionados como a Casa da Rosas e o Itaú Cultural 🙂

    Abraços

  4. Difícil não curtir esse tipo de passeio heim. São tantas as opções de lazer, que é difícil alguém não aproveitar pelo menos um pedacinho da avenida. Passei rapidamente por São Paulo, mas assim que tiver oportunidade vou passar um tempinho a mais e tentar conhecer a Paulista fechada.

  5. Gê, a Av. Paulista é tudo de bom né? Ainda não tive a oportunidade de ir na feirinha de antiguidades do Masp, mas fiquei com vontade. Ótimas dicas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Theme developed by TouchSize - Premium WordPress Themes and Websites

Assine nossa newsletter

Receba um e-mail mensal com a relação dos posts publicados no mês e outras novidades!
Seu Email
Secure and Spam free...
"Customized Theme" by: AZEVEDO.MEDIA