Página inicial / Brasil / Parque Estadual e Vila Biribiri, em Diamantina

Parque Estadual e Vila Biribiri, em Diamantina

parque estadual do biribiri em diamantina

(Atualizado em setembro de 2017)

A apenas 13 quilômetros do Centro de Diamantina está a entrada do Parque Estadual do Biribiri, que está inserido da Serra do Espinhaço. O parque foi criado em 1998 e é administrado pelo Instituto Estadual de Florestas – IEF.

Pelo interior do parque passa o Caminho dos Escravos, uma trilha de 20 km, a qual já mencionamos aqui.

Leia também: Roteiro para um fim de semana em Diamantina, MG

O parque tem uma área de quase 17 mil hectares, com vegetação composta por cerrado, mata galeria e campos rupestres. Como representantes da fauna, temos o lobo guará, a onça parda e o carcará.

Parque Estadual Biribiri Diamantina

Como chegar e o que você vai encontrar

A estrada é de terra, mas muito boa e dá para ir tranquilo, mesmo com carro de passeio. O caminho principal é todo sinalizado. Para se chegar à portaria do Parque, você pode perguntar na cidade ou olhar no Google Maps. Siga as placas do Parque Estadual do Biribiri que não tem erro. Para você ter uma noção da distância, veja este mapinha, onde estão marcados a Igreja Matriz, a portaria do Parque e a Vila do Biribiri. Da Igreja Matriz da cidade à Vila são cerca de 15 km.

 

Parque Estadual Biribiri Diamantina

Entrada do Parque

Cerca de seis quilômetros após a entrada do Parque, chegamos à Cachoeira do Sentinela, que estava meio seca, mas, mesmo assim, formava alguns poços onde alguns banhistas brincavam.

parque estadual do biribiri em diamantina

Cachoeira da Sentinela

Parque Estadual Biribiri Diamantina

Girinos

Parque Estadual Biribiri Diamantina

Mais uns poucos quilômetros chegamos a uma bifurcação. Para a direita, chegamos à outra cachoeira, a dos Cristais.

Para a esquerda, chegamos à Vila.

A Vila de Biribiri

Em 1876, o Bispo de Diamantina, Dom João Antônio dos Santos, criou no interior do Parque uma fábrica de tecidos. A Estamparia SA foi uma das primeiras e mais importantes fábricas têxteis do Estado.

Parque Estadual Biribiri Diamantina

A fábrica

A pequena vila onde moravam os trabalhadores da fábrica fica no meio de um vale. Além das casas dos operários, havia também um armazém, uma escola e uma igreja, que hoje está em processo de restauração. O sino da igreja foi fundido na própria fábrica de tecidos e o seu relógio foi doado pela Família Real portuguesa. 

Parque Estadual Biribiri DiamantinaParque Estadual Biribiri DiamantinaParque Estadual Biribiri DiamantinaParque Estadual Biribiri DiamantinaParque Estadual Biribiri Diamantina

Parque Estadual Biribiri Diamantina

A escola

Parque Estadual Biribiri Diamantina

A igreja da vila

Parque Estadual Biribiri Diamantina

O rio Biribiri, que corta o parque, moveu as turbinas da usina hidroelétrica que gerava eletricidade para a fábrica e para a vila.

A fábrica chegou a ter 1200 operários. Encerrou suas atividades em 1976, esvaziando a vila. Após isso, foi cenário de obras como a novela Chica da Silva. Atualmente, a Estamparia SA ainda é a proprietária da vila, cujas casas podem ser alugadas por turistas.

Mas, atenção! Há várias regras:

– Horário de visitação: até 18h

– Não é permitido fazer churrasco

– Proibido acampar ou dormir em carros.

Parque Estadual Biribiri Diamantina

Regras para visitação da Vila Biribiri



Booking.com

Onde comer

Na vila há dois restaurantes: o do Adilson e o do Raimundo Sem Braço.

Fomos no do Adilson (a escolha foi aleatória). Comemos uma porção de feijão tropeiro, uma de mandioca frita e dois refrigerantes e a conta ficou em R$ 28,00 (preços de 2014). Estava muito gostoso!

Parque Estadual Biribiri Diamantina

Um dos restaurantes

Parque Estadual Biribiri Diamantina Parque Estadual Biribiri Diamantina

Veja as avaliações do Raimundo Sem Braço.

De volta à Diamantina

Para quem não está hospedado na vila, a estada só é permitida até 18h. Portanto, programe-se para voltar para a cidade neste horário. Nós saímos um pouco antes das 18h e pudemos ver o sol se pondo ainda dentro do parque (era agosto).


Leia também:

Casa de Juscelino, museu dedicado ao ex-presidente, em Diamantina

Passadiço e Instituto Casa da Glória, em Diamantina

O Museu do Diamante, em Diamantina

O Museu Daniel Luiz do Nascimento, em Diamantina

Índice de posts sobre Diamantina

por do sol biribiri diamantinapor do sol biribiri diamantina

Informações e Reservas

Edvaldo (Diamantina, MG)
Celular (38) 98814-0636
Fixo (38) 3531-1065

Gostou? Salve no Pinterest e consulte sempre que quiser:

Veja como chegar, o que você vai encontrar e onde comer no Parque Estadual do Biribiri, em Diamantina, Minas Gerais.

Compartilhe com seus amigos
Receba as novidades do blog no seu e-mail:  
Programando sua viagem?
Utilize nossos parceiros. Você não paga nada a mais por isso, mas a gente ganha uma pequena comissão. Se o blog te ajudou de alguma forma, é uma maneira de nos ajudar a mantê-lo.

Reserve hotéis no Booking: A maioria das acomodações não pede pré-pagamento e permite cancelamento gratuito.
Alugue um carro na Rentcars: Cote em dezenas de locadoras, parcele em até 12 vezes e pague em reais, mesmo para aluguel no exterior.
Compre Seguro Viagem com a Seguros Promo:  Compare preços e planos em mais de 10 seguradoras. Viaje com assistência médica e odontológica, seguro bagagem e atendimento 24h! Usando o código MINEIROS5 você tem 5% de desconto!
Compre ingressos e passeios com uma de nossas afiliadas Tiqets ou ou Ticketbar: Fuja da fila já chegando com seu ingresso na mão!
 

Um comentário em “Parque Estadual e Vila Biribiri, em Diamantina

  1. Pingback: Roteiro para um fim de semana em Diamantina, MG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Theme developed by TouchSize - Premium WordPress Themes and Websites

RECEBA AS NOVIDADES NO SEU E-MAIL

Inscreva-se na nossa newsletter! São só dois ou três e-mails por mês e não mandamos spam!
Seu Email
Secure and Spam free...
"Customized Theme" by: AZEVEDO.MEDIA