Página inicial / Brasil / Holambra: Dicas e informações para programar sua ida à Expoflora

Holambra: Dicas e informações para programar sua ida à Expoflora

Holambra é uma pequena cidade da Região metropolitana de Campinas, famosa por ser o maior centro produtor de flores e plantas ornamentais da América Latina.

Situada na Região Metropolitana de Campinas, Holambra é uma pequena cidade com pouco mais de 12 mil habitantes, mas superfamosa nacionalmente por ser a maior produtora de flores e plantas ornamentais da América Latina.

Vários eventos sobre paisagismo e jardinagem acontecem na cidade. O mais conhecido deles é a Expoflora, que acontece anualmente desde 1981, nos finais de semana do mês de setembro – em alguns anos começa no último fim de semana de agosto.

Nós já contamos em detalhes como é a Expoflora, além de falarmos sobre o city tour que fizemos com a Real Holambra. Neste post, vamos explicar como se programar para visitar a Expoflora e o que fazer na cidade.

Leia também:

Conheça a Expoflora, o evento mais florido do Brasil

City tour em Holambra – conhecendo campos de flores

Hospedagem em Holambra: Parque Hotel Holambra

Passeio de Maria-Fumaça de Jaguariúna a Campinas

Placas de trânsito em Holambra, interior de São Paulo.

Tudo são flores…

Como chegar a Holambra

Saindo de São Paulo – de carro – é só pegar a Rodovia dos Bandeirantes ou a BR – 050, ambas com pedágio. Em cerca de duas horas chega-se a Holambra, ou seja, um bate-volta é até factível.

Ir de ônibus não é tão simples, pois não há ônibus direto ligando a capital a Holambra. É preciso pegar um ônibus para Mogi Mirim ou Mogi Guaçu (Viação Santa Cruz ou Viação Cometa) e pedir ao motorista para ficar no meio do caminho, no cruzamento que liga Holambra a Santo Antônio de Posse. Dali é preciso pegar um táxi até Holambra, mas, como não há pontos de táxi neste local, é necessário deixar agendado.

Outra opção seria pegar um ônibus até Campinas e de lá pegar o ônibus “693 – Campinas a Artur Nogueira, via Holambra”, da Viação Princesa d’Oeste. Só que – muita atenção- este ônibus não sai da rodoviária de Campinas, mas na rua Doutor Ricardo. Mais informações diretamente com a Viação Princesa d’Oeste.

De avião

Para quem não mora no estado de São Paulo, o  melhor meio é pegar um voo para o Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas. Este aeroporto recebe voos da Azul, de dezenas de localidades, da Latam, de Brasília, e da Gol, do Rio de Janeiro (Galeão).

De Campinas para Holambra, o meio mais prático e com melhor custo-benefício é alugar um carro. Fomos somente minha mãe e eu e, mesmo assim, alugar um carro ficou muitíssimo mais barato que um trânsfer, que queria nos cobrar entre 500 e 600 reais ida e volta. Além disso, o carro nos deu mais independência, pois passeamos pela cidade e fomos até Jaguariúna andar de Maria Fumaça.

Como alugar um carro

Nós fizemos pesquisa pela RentCars, um site que compila as melhores locadoras de veículos e te permite fazer pesquisas com filtros que mais te interessam. Há várias vantagens de se reservar pela RentCars, como a possibilidade de comparar preços, pagar parcelado em até 12 vezes e, nos casos de aluguel de veículos no exterior, poder pagar em reais e sem IOF.

Na época, o blog ainda não era parceiro da RentCars e correu tudo certo. Depois disso, nos tornamos afiliados, o que quer dizer que se você fizer uma reserva usando nossos links, nós ganhamos uma pequena comissão – mas você não paga nada a mais por isso. É uma maneira de você nos ajudar a manter este blog sem gastar nadinha. Clique na imagem abaixo para pesquisar.

Escolhido o carro e a locadora, assim que descemos do avião fomos pegar nosso veículo. Usando o Waze, partimos do aeroporto para Holambra, numa viagem de pouco mais de uma horinha, em estradas em perfeitas condições – mas com pedágio.

Como comprar ingressos

Os ingressos começam a ser vendidos no mês de maio e têm descontos que variam de acordo com a antecedência. Para você ter uma ideia, o primeiro lote, em 2017, custava R$ 17,00, enquanto na bilheteria o ingresso será vendido a R$ 46,00.

Normalmente são vendidos online pelo site Ingresso Rápido, mas vale conferir no site oficial se houve alguma mudança.

Holambra é uma pequena cidade da Região metropolitana de Campinas, famosa por ser o maior centro produtor de flores e plantas ornamentais da América Latina.

Onde acontece a Expoflora

A Expoflora acontece em um parque de exposições com mais de 250 mil metros quadrados de área. Clique aqui para ver a localização, mas quando for é só se atentar às placas, até porque a entrada de carros e de ônibus é separada. O valor do estacionamento, em 2017, é R$ 38,00 a diária. Chegando muito cedo dá para parar na rua, mas há “flanelinhas”.

Onde se hospedar em Holambra

A rede hoteleira não é tão ampla. Se você quer ficar na parte central e pode investir um pouco mais em hospedagem, escolha o Top Centrum Hotel (nota 9,2 no Booking). Um pouco mais em conta que ele é o Holambra Garden Hotel, mas também muito bem localizado (nota 9 no Booking). O Hotel Pousada Oca também é muito bem avaliado (nota 8,8 no Booking) e fica bem no centrinho. Um pouquinho mais distante, a 3,5 km do centro, está o lindinho Villa de Holambra Parque Hotel (nota 8,7 no Booking).

Agora, se você está indo com o orçamento apertadinho, como eu fui, olhe o simplão Parque Hotel Holambra, bem modesto e a 1,5 km do centro, mas sem comércio por perto (nota 7 no Booking).

Uma outra opção, se você estiver de carro, é se hospedar em Jaguariúna, que fica a 14 km, ou o que dá uns 20 minutinhos.  Em Jaguariúna, temos três opções bem avaliadas: O Stelati (nota 8,6) , o Jaguary (nota 8,4) e o Portal das Águas (8,3).

Se nós ajudamos você, utilize nossos links e faça a reserva pelo Booking. O site não cobra pela reserva e permite cancelamento gratuito na maioria dos quartos. Você não paga nada a mais por usar nossos links, mas nós ganhamos uma pequena comissão. É uma maneira de você nos ajudar a manter o blog, sem gastar nadinha!

Holambra é uma pequena cidade da Região metropolitana de Campinas, famosa por ser o maior centro produtor de flores e plantas ornamentais do Brasil.

Onde comer em Holambra

Talvez os locais mais famosos sejam a Martin Holandesa e a Casa Bela, que ficam no Boulevard Holandês.

Na Martin Holandesa comemos panqueca de frango e bolinhos de queijo e croquete. A panqueca estava gostosa, mas é bastante gordurosa. A conta para duas pessoas, com bebida e 10% ficou em 60 reais.

Panqueca da Martin Holandesa, localizada no Boulevard Holandês, em Holambra.

Panqueca da Martin Holandesa

Bolinhos e croquetes da Martin Holandesa, localizada no Boulevard Holandês, em Holambra.

Bolinhos e croquetes da Martin Holandesa

Doces holandesese da Confeitaria Martin Holandesa, em Holambra, interior de São Paulo.

Vitrine de doces da Martin Holandesa

Doces holandesese da Confeitaria Martin Holandesa, em Holambra, interior de São Paulo.

Vitrine de doces da Martin Holandesa

Doces holandesese da Confeitaria Martin Holandesa, em Holambra, interior de São Paulo.

Vitrine de doces da Martin Holandesa

No dia da Expoflora, comemos uma torta lá no evento, gostosa, mas pouco doce, uma característica dos doces holandeses. A fatia era em torno de 10 reais, em 2016.

Martin Holandesa do recinto da Expoflora, em Holambra.

Martin Holandesa do recinto da Expoflora

Torta de avelãs da Martin Holandesa, confeitaria em Holambra, interior de São Paulo.

Torta da Martin Holandesa

Voltamos ao restaurante em uma outra noite, onde comemos um hambúrguer que estava muito bom, mas o destaque foi para um molhinho de azeitonas pretas maravilhoso! De sobremesa comemos um bombom de rosas com brigadeiro branco e uma torta de amoras (cerca de R$ 10,00 cada).

Sanduíche da Martin Holandesa, em Holambra, interior de São Paulo.

Sanduíche da Martin Holandesa

No restaurante Casa Bela, provamos uma porção de bolinhos – sabor bom, mas encharcados demais, e um sanduíche maravilhoso de picanha com queijo, bacon e azeitonas no pão baguete (R$ 25,50).

Sanduíche da Casa Bela, restaurante em Holambra, interior de São Paulo.

Sanduíche de picanha da Casa Bela

Outro lugar muito agradável é a confeitaria Zoet en Zout, que fica na beira do lago. Foi onde tomamos café da manhã na segunda-feira, já que o hotel em que ficamos, o Parque Hotel Holambra, só fornecia café da manhã em finais de semana.

Confeitaria Zoet en Zout, em Holambra, interior de São Paulo.

Confeitaria Zoet en ZoutConfeitaria Zoet en Zout, em Holambra, interior de São Paulo.Confeitaria Zoet en Zout, em Holambra, interior de São Paulo.

Vitrine de doces da Confeitaria Zoet en Zout, em Holambra, interior de São Paulo.

Vitrine de doces da Zoet en Zout

Há variedade de salgados e muitas tortas e doces. Os preços são mais elevados e o atendimento foi um pouco atrapalhado. Nós comemos uma torta de frango e um salgado – ambos ok.

Confeitaria Zoet en Zout, em Holambra, interior de São Paulo.

Agora, se você busca comida a quilo, com bom preço, durante a semana o Serrana Pizzaria e Restaurante serve comida caseira. Em 2016 era em torno de R$ 35,00 o quilo e estava gostoso.

O que fazer em Holambra

Moinho dos Povos Unidos

Fica pertinho do recinto da Expoflora e é uma réplica de um moinho holandês. É possível subir em alguns horários.

O Moinho dos Povos Unidos fica pertinho do recinto da Expoflora e é uma réplica de um moinho holandês.

Deck do Amor

Um deck construído à beira do lago, onde estão tentando fazer uma cerca de cadeados.

O Deck do Amor, em Holambra, fica à beira do lago.

Deck do amor

Museu Histórico e Cultural de Holambra

Fica dentro do recinto da Expoflora e é gratuito durante o evento. Muito interessante e acho que vale a pena visitar. Você pode ler também o que achamos do museu.

O Museu Histórico e Cultural de Holambra funciona no recinto onde acontece a Expoflora e é gratuito durante o evento.

City tour – campos de flores

Dá para fazer uma visitar a campos de flores partindo da Exploflora, mas para não perdermos tempo evento, fizemos um passeio em outro dia, com a Real Holambra, o que foi muito melhor, porque visitamos duas plantações e ficamos mais tempo nelas.

Campos de flores de Holambra podem ser visitados com guia turístico.

Comprar lembrancinhas

Tanto dentro da Expoflora, quanto no Boulevard Holandês há várias lojas para comprar os mais diversos souvenirs.

Boulevard Holandês, onde há concentração de restaurantes e comércios, em Holambra.

Boulevard Holandês

Tamancos holandeses vendidos como lembrancinhas em Holambra. Souvernirs vendiso em Holambra.

A Fernanda, do blog Tá indo pra onde?, publicou uma lista de coisas para se fazer em Holambra, mesmo sem Expoflora.

Gostou deste post? Salve no Pinterest e consulte sempre que quiser:

Holambra é uma pequena cidade da Região Metropolitana de Campinas, famosa por ser o maior centro produtor de flores e plantas ornamentais do Brasil. Anualmente, em setembro, acontece a Expoflora, o maior evento do ramo. Veja como se programar para participar.

Compartilhe com seus amigos
Receba as novidades do blog no seu e-mail:  
Programando sua viagem?
Utilize nossos parceiros. Você não paga nada a mais por isso, mas a gente ganha uma pequena comissão. Se o blog te ajudou de alguma forma, é uma maneira de nos ajudar a mantê-lo.

Reserve hotéis no Booking: A maioria das acomodações não pede pré-pagamento e permite cancelamento gratuito.
Alugue um carro na Rentcars: Cote em dezenas de locadoras, parcele em até 12 vezes e pague em reais, mesmo para aluguel no exterior.
Compre Seguro Viagem com a Seguros Promo:  Compare preços e planos em mais de 10 seguradoras. Viaje com assistência médica e odontológica, seguro bagagem e atendimento 24h! Usando o código MINEIROS5 você tem 5% de desconto!
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Theme developed by TouchSize - Premium WordPress Themes and Websites

RECEBA AS NOVIDADES NO SEU E-MAIL

Inscreva-se na nossa newsletter! São só dois ou três e-mails por mês e não mandamos spam!
Seu Email
Secure and Spam free...
"Customized Theme" by: AZEVEDO.MEDIA